• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018, atualizada às 15h25

    Operação conjunta fiscaliza principais vias de acesso entre o Rio e Minas Gerais

    Jorge Júnior
    Editor

    Nesta sexta-feira, 23 de fevereiro, as polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e agentes da MRS Logística deflagraram, em Minas Gerais, a operação Migro, com objetivo de montar postos de fiscalização nas principais vias de acesso entre o Rio de Janeiro e Minas, nas regiões da Zona da Mata e Campo das Vertentes, inclusive com a fiscalização do transporte ferroviário. Um dos pontos de ocupação e fiscalização foi o pedágio de Simão Pereira, na BR-040.

    A ação foi desencadeada após o decreto do Governo Federal da intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro. Segundo a PC, “já estão sendo realizadas vistorias em todos os vagões das locomotivas vindas do Rio de Janeiro, inclusive com a atuação de drones da PC nesta tarde”. Além disso, serão montados postos de fiscalização em pontos estratégicos, como na BR-040 e também na praça do pedágio, em Matias Barbosa.

    Conforme informações do chefe do 4º Departamento da PC, delegado-geral Carlos Roberto da Silveira Costa, haverá intensificação de operações e de atividades do serviço de inteligência no âmbito do departamento, unidade que abrange das Delegacias Regionais de Juiz de Fora, Ubá, Leopoldina, Muriaé e Viçosa. “Um plano de reforço já vem sendo traçado junto às Delegacias responsáveis por municípios que fazem fronteira com o Estado do Rio de Janeiro”. Nesta primeira operação conjunta, foram empenhados mais de 300 policiais, 80 viaturas, helicóptero da PM para a cobertura dos pontos de divisa. "Outras operações deste porte serão desencadeadas nos 11 pontos do Estado, que fazem divisa com o Rio, durante todo período da intervenção federal. Além das abordagens, a polícia civil vai atuar com os serviços de inteligência e de investigações", completa. Dos 420 quilômetros de divisa entre os estados, o 4º Departamento da PC é responsável por 342 quilômetros.

    Segundo o major Jovanio Campos Miranda, assessor de comunicação organizacional da 4º Região da PM, a operação é preventiva e tem o foco de reprimir a entrada de bandidos em Minas Gerais. “É uma ação pontual e ocorre em toda divisa do Rio com o Estado. A população pode ficar calma, pois outras intervenções da tropa federal já ocorreram e não refletiu na região. A PM está atenta a qualquer situação que possa interferir na ordem pública do Estado”.

    O assessor alerta que a participação da população é fundamental nesse momento e que qualquer denúncia pode ser feita pelo Disque Denúncia 181.

    Rodovias terão mais controle

    Na última quinta-feira, 22, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, declarou que uma das medidas para evitar que os criminosos cariocas fujam para os estados que fazem divisa com o Rio de Janeiro (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais) é o aumento do controle nas rodovias.

    A decisão foi tomada em reunião na capital paulista, entre o ministro e os secretários de Segurança de São Paulo, Mágino Alves Filho, do Espírito Santo, André Garcia, e de Minas Gerais, Sérgio Barboza Menezes. Os secretários ressaltaram que a iniciativa é apenas preventiva, já que repressões ao tráfico de drogas em situações anteriores no Rio não provocaram fuga para esses estados.

    As fronteiras com Argentina, Paraguai, Bolívia, Colômbia e Peru terão reforço na segurança para evitar a entrada no país de drogas e também de munição.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.