• Assinantes
  • Cidade
    Segunda-feira, 12 de março de 2018, atualizada às 18h

    Creche sofre prejuízos devido às chuvas e 250 alunos ficam sem aulas

    Gláucia Simas
    *Colaboração

    Cerca de 250 alunos, entre quatro meses e 12 anos, da creche comunitária da Associação Assistencial Adalberto Teixeira Fernandes Filho, localizada no Bairro Santo Antônio, ficaram sem aula na manhã dessa segunda-feira, 12 de março.

    Fato se deu ao prejuízo causado pela forte chuva que caiu na cidade no final de semana, considerada a pior dos últimos anos. ''Perdemos muitas coisas. Foram brinquedos, materiais de limpeza, roupas de cama, material escolar, mantimentos, além do nosso veículo, que usávamos para a o transporte de doações”, diz a coordenadora administrativa da creche, Joanita de Almeida.

    Segundo Joanita, a instituição encara esse problema há cinco anos e, por conta disso, foi realizada uma reforma recente na instituição. “Sempre que acontece uma situação como esta, de muita chuva, sofremos com os danos. Mas, em 24 anos de funcionamento, essa foi a pior".

    Durante a tarde desta segunda-feira, o local estava sendo limpo e dedetizado, pois de acordo com a coordenadora, muitos bichos, como ratos e baratas, foram arrastados para dentro da instituição com a chuva. "Perdemos mantimentos por conta disso, alguns bichos furaram as caixas", diz.

    A previsão para o retorno das aulas é para essa quarta-feira, 14, mesmo com o local parcialmente preparado. “Não podemos esperar mais tempo, pois muitas mães precisam trabalhar e não têm onde deixar as crianças”, diz a coordenadora.

    E, mesmo com a volta do funcionamento, a creche ainda precisa de muita coisas. Por isso, estão recebendo doações de material escolar, colchões, roupas de cama, material de limpeza e de higiene, brinquedos e roupas usadas de crianças, entre quatro meses e 14 anos. A coordenadora pede para que as doações sejam entregues diretamente na creche, que fica na Rua Pedro Trogo, Bairro Santo Antônio, n° 60, próximo à praça. Doações em quantas de dinheiro podem ser feitas na conta da creche: Agência: 2519; OP 003; conta Corrente: 3418-7; Caixa Econômica Federal.

    Fotos: Joanita de Almeida Fotos: Joanita de Almeida Fotos: Joanita de Almeida Fotos: Joanita de Almeida Fotos: Joanita de Almeida Fotos: Joanita de Almeida Fotos: Joanita de Almeida

    Famílias ficam desalojadas devido aos deslizamentos de terra

    De acordo com a Defesa Civil, como medida preventiva, cerca de 30 famílias foram desalojadas devido aos deslizamentos de taludes nos Bairros Bela Aurora, Filgueiras, Santo Antônio, e Nossa Senhora de Lourdes. No momento, as mesmas estão acolhidas nas casas de parentes e amigos.

    Ainda segundo a assessoria da pasta, até a manhã desta segunda-feira, 12, foram registradas 85 ocorrências em Juiz de Fora. As regiões mais afetadas foram a Sudeste, com 30 ocorrências; a Leste, com 20 e a Norte, com 15 registros. Também houveram nove chamados de locais na região Nordeste, cinco da Oeste e três no Centro e na Sul.

    *Gláucia Simas é Estudante do 7º período de jornalismo do CES

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.