Sexta-feira, 3 de agosto de 2018, atualizada às 14h30

Cuidador suspeito de fraudar testamento de idoso é preso nesta sexta

Da redação

O cuidador de idosos Carlos César Viana, de 59 anos, foi preso no início da tarde desta sexta-feira, 3 de agosto. Na quinta-feira, 2, a jornalista Denise Zaghetto, de 52 anos, também foi presa. No boletim da Polícia Militar, o suspeito foi registrado como foragido da Justiça, já que a prisão não foi executada do dia que o mandado foi expedido. Ele foi preso às 12h13, na rua Milton de Araújo Campos, Bairro Santo Antônio.

Conforme a ocorrência da Polícia Militar (PM), os policiais fizeram abordagem do suspeito, quando foi constatado no sistema que havia uma mandado em seu desfavor, expedido pela juíza Rosângela Cunha Fernandes. Ele foi levado para a delegacia de Polícia Civil do bairro Santa Terezinha.

As investigações da Polícia Civil indicam que o cuidador tenha participação na morte de Simeão, junto com a jornalista. Segundo a PC, o delegado responsável pelo caso, Eurico Cunha está em viagem internacional e as investigações continuam.

O Portal ACESSA.com entrou em contato com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) para saber se o suspeito já está no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) e aguarda retorno. O portal ainda não conseguiu contato com o advogado do cuidador.

O caso

Um inquérito foi aberto pela PC para apurar a causa da morte do aposentado, que não foi comunicada à família. Segundo a investigação, Carlos teria sepultado o idoso sem informar à família e, logo depois, ele e a jornalista apareceram como herdeiros do idoso. O testamento foi assinado teoricamente no dia 8 de maio e ele morreu, dia 13.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.