• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Quarta-feira, 22 de agosto de 2018, atualizada às 12h40

    Homem é suspeito de estuprar enteada de 9 anos em Juiz de Fora

    Da redação

    Mais um caso de estupro de menor foi registrado na tarde desta segunda-feira, 20 de agosto, no Parque Guarani. Conforme o Boletim da Polícia Militar (PM), um homem, de 29 anos, é suspeito de estuprar a enteada, 9 anos. Após o ocorrido, a mãe da vítima procurou auxílio na Sociedade São Vicente de Paulo e um representante da instituição a encaminhou com a filha para registrar a ocorrência na 31ª Companhia da PM. No domingo, 19, um homem, de 40 anos, foi preso em flagrante por estuprar sua filha, 16.

    Conforme relatos da mãe aos policiais, no domingo, 19, no período da tarde, o padrasto de seus filho colocou um filme da TV e dois colchões para o menino, 7, e a vítima e deitou no sofá. Em determinado momento, ele puxou a menina para o sofá para que ela deitasse junto com ele debaixo da coberta. A genitora narrou que desconfiou do silêncio que estava na sala e ao chegar no cômodo, notou que o suspeito fazia movimentos estranho e beijava o pescoço da filha. Assustada com a situação, a mulher puxou a coberta e viu que o padrasto obrigava a menina a masturbá-lo. Neste momento, ela começou a gritar que chamaria a polícia e ele fugiu do local.

    Segundo o boletim da PM, a mulher é casada com o suspeito há quatro anos e possuí quatro filhos e nenhum deles é do atual esposo. A mãe disse, ainda, à polícia, que questionou os filhos se isso já havia acontecido antes, mas todos negaram, dizendo que era a primeira vez.

    A vítima foi encaminhada para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde passou passou pela Protocolo de Atendimento ao Risco Biológico Ocupacional e Sexual (Parbos). O resultado do teste foi inconclusivo para ato libidinoso e negativo para conjunção carnal.

    Segundo a delegada responsável pelo caso, Ione Maria Moreira, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, foi instaurado um inquérito policial para apurar os fatos e requerida medida protetiva. A mãe prestou depoimento e a criança será ouvida na quinta, 23, pela delegada, junto com uma representante do Conselho Tutelar. O autor continua foragido.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.