Quarta-feira, 14 de novembro de 2018, atualizada às 10h30

Cuidador investigado por suspeita de fraude invade apartamento de Simeão Cruz

Da redação

Horas depois de receber a liberdade provisória, o cuidador de idosos Carlos César Viana, de 59 anos, se envolveu em outra ocorrência policial na tarde dessa terça-feira, 13 de novembro. Ele é investigado por suposta fraude no testamento do advogado aposentado, Simeão Cruz, morto em maio deste ano. Carlos estava preso há mais de três meses no Centro de Remanejamento do sistema Prisional (Ceresp) e saiu por volta das 10h dessa terça-feira.

O registro foi na Rua Severiano Sarmento, no Alto dos Passos, por volta das 15h50. Segundo o Boletim de Ocorrências da Polícia Militar (PM), o homem invadiu o apartamento de Simeão e afirmou que mora lá desde o final de 2017. O suspeito disse, ainda, que a pedido do aposentado ele se mudou para o imóvel, onde prestava serviços de enfermagem ao idoso.

No entanto, o sobrinho da vítima, de 49 anos, acionou a PM e se apresentou como um dos inventariantes do imóvel, acusando Carlos. Os dois foram orientados.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.