Quinta-feira, 22 de novembro de 2018, atualizada às 8h

Prefeitura deve escalonar pagamento de novembro dos servidores municipais

Jorge Júnior

O prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas, voltou a afirmar, durante a tarde dessa quarta-feira, 21 de novembro, em coletiva de imprensa, que não garante o pagamento do 13º salário dos servidores municipais.

Segundo ele, o atual fluxo de caixa da prefeitura apresenta um rombo de cerca de R$ 15 milhões, o que pode acarretar problemas para o pagamento da folha de novembro, que, a princípio, pode ser realizado até o quinto dia útil de dezembro, conforme o Decreto nº 13.063/2017, que permite a quitação até o quinto dia útil do mês subsequente, quando houver necessidade. Com isso, Almas não descarta a possibilidade da adoção de um modelo de escalonamento para a quitação da folha salarial mensal, que atualmente gira em torno de R$ 55 milhões.

No último dia 9, o Portal ACESSA.com já havia adiantado a incerteza do 13º dos servidores. Em coletiva para apresentação e assinatura do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA), no dia 15 de outubro, o Almas já tinha sinalizado que os constantes atrasos de repasses do Governo estadual poderiam comprometer o pagamento do 13º salário do funcionalismo.

Em entrevista ao Portal  ACESSA.com, o presidente do Sindicado dos Servidores Municipais de Juiz de Fora (Sinserpu-JF), Amarildo Romanazzi informou que se reuniu com o prefeito nessa quarta-feira, 21, pela manhã. "A situação é muito grave e os servidores estão muito preocupados. O prefeito nos apresentou a dificuldade em quitar a folha deste mês e sugerimos os cortes dos cargos comissionados".

Além disso, Romanazzi destacou que a situação será levada às categorias em assembleia no próximo dia 28. "Os serviços podem ficar ameaçados, pois os funcionários não estão satisfeitos".

O presidente do Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora e Zona da Mata, Gilson Salomão, convocou para a próxima terça-feira, às 19h30, uma reunião da diretoria da entidade para avaliar a situação.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.