• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Segunda-feira, 8 de abril de 2019, atualizada às 08h59, atualizada às 15h16

    Alojamento do clube Tupi é parcialmente interditado pelos Bombeiros

    Da redação

    O alojamento para jovens jogadores do Clube Tupi foi parcialmente interditado pelo Corpo de Bombeiros na última sexta-feira, 5 de abril, em Juiz de Fora. A interdição ocorreu durante fiscalização realizada pela corporação em clubes de futebol da cidade. O objetivo da ação era saber se nos centro de treinamentos dos clubes existiam alojamentos em condições para os atletas pernoitarem, ou, até mesmo, morarem. Ao todo, 29 jogadores de diversas cidades moravam em tempo integral no alojamento.

    Conforme informações dos Bombeiros, durante a fiscalização foi verificado o local não possui nenhum equipamento de segurança contra incêndio e pânico e somente uma saída de emergência, ainda com obstrução na rota de fuga. A equipe verificou, ainda, que a porta de acesso à descarga tinha abertura contrária a rota de fuga, podendo gerar alguns transtornos em um possível momento de pânico.

    "Além disso, havia fiações elétricas expostas em contato com material combustível, ar condicionado antigo e, em alguns cômodos, com fiação elétrica exposta e com isolamento provisório de fita crepe ou fita isolante".

    Diante da gravidade encontrada e do risco iminente devidamente comprovado, a guarnição, comandada pelo tenente Pereira, interditou parcialmente o alojamento do clube Tupi, ficando os adolescentes sob responsabilidade do vice presidente do clube.

    Apesar do clube possuir Processo de Segurança Contra Incêndio e Pânico (PSCIP) em tramitação na corporação, a situação do alojamento era de risco iminente, sendo portanto, interditado conforme legislação em vigor.

    A direção do Tupi se manifestou através de nota publicada em seu site:

    "O nosso alojamento tem a capacidade para 35 jogadores. No momento da interdição tinham no local cerca de 28 atletas. Já estamos trabalhando para dar o maior conforto e segurança para os nossos atletas, tanto que já encaminhamos a Prefeitura a documentação necessária, mas tivemos exigências dos bombeiros, o que ocasionou a interdição. Liberamos nossos atletas que já estão sendo remanejados em novas locações e estão tendo todo apoio e atenção. Prezamos sempre pela segurança dos nossos atletas e parabenizamos os bombeiros pela atuação.”

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.