Representantes sindicais fazem ato contra a Reforma da Previdência

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
14/06/2019

Centenas de pessoas participaram da Greve Geral marcada para esta sexta-feira, 14 de junho, em Juiz de Fora, em ato contra a Reforma da Previdência. Representantes da CUT, da Central Sindical e Popular Conlutas (CSP-Conlutas), da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), da Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB), da UNE, da Federação Nacional dos Estudantes em Ensino Técnico (Fenet), do grêmio estudantil do If Sudeste e do Diretório Central dos Estudantes (DCE) estiveram no ato que durou cerca de 3h.

Durante as falas, os manifestantes questionaram a Reforma, os cortes nas políticas educacionais (ensino superior e educação básica) e a ameaça de acabar com a vinculação constitucional que assegura recursos para a educação (Fundeb e outras políticas).

Durante a manifestação, um carro de som ficou parado no meio da pista da avenida Barão do Rio Branco, em frente o Parque Halfeld, deixando o trânsito parado nos dois sentidos das pistas laterais. Logo depois, os manifestantes seguiram  em direção ao Mergulhão, onde aconteceu a dispersão. Os ônibus ficaram parados na pista do meio, mas foram liberados após o fim do ato, que aconteceu por volta das 12h45.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.