Homem suspeito de agiotagem é preso em Juiz de Fora

PM apreendeu na casa do indivíduo R$ 30 mil e um revólver carregado

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
17/06/2019

Um homem, de 57 anos, suspeito de agiotagem foi preso na madrugada desta segunda-feira, 17 de junho, em Juiz de Fora. A polícia chegou até a residência do indivíduo, no bairro Bela Aurora, após receber denúncia anônima.

A Polícia Militar (PM) apreendeu na casa um revólver carregado calibre 38, usado para cobrar seus devedores e obter vantagens, além de mais de R$ 30 mil, joias, um caderno de anotações e cinco talões de nota promissória.

Agiotagem ou usura é a prática de emprestar dinheiro fora do mercado de crédito legítimo, sem autorização ou submissão à regulação. A prática é considerada crime contra a economia popular previstos na Lei nº 1521/51, com pena de detenção de seis meses a dois anos para aquele que “cobrar juros, comissões ou descontos percentuais, sobre dívidas em dinheiro superiores à taxa permitida por lei.”

O suspeito e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.