• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Terça-feira, 18 de junho de 2019, atualizada às 9h30

    PF deflagra Operação Narcos para combater tráfico internacional de drogas

    Da redação

    A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira, 18 de junho, a Operação Narcos, com o objetivo de prender e desarticular associação criminosa destinada ao tráfico internacional de maconha.

    A droga, oriunda do município de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, era internalizada em território brasileiro, pelo município de Ponta Porã (MS), de onde era transportada para Juiz de Fora, onde estava estabelecido o chefe da associação criminosa. Parte da droga era destinada a Juiz de Fora e a outra parte era distribuída para os comparsas estabelecidos nos municípios de Ubá, Tocantins, São Geraldo e Rodeiro, em Minas Gerais; e nos municípios de São Gonçalo e Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

    Segundo com informações da PF, "além do tráfico internacional de drogas, as investigações apontaram outros crimes praticados pelos investigados, como furto, roubo, receptação e clonagem de veículos automotores, bem como a respectiva lavagem de capitais".

    Durante os oito meses de investigação, foram aprendidos, com o auxílio da Polícia Rodoviária Federal e das Polícias Militares do Mato Grosso do Sul e de Minas Gerais, mais de uma tonelada de maconha, armas de fogo e munições, bem como diversos veículos furtados ou roubados, que eram utilizados tanto para o transporte, quanto para o pagamento da droga.

    Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão preventiva e 20 mandados de busca e apreensão, em Juiz de Fora, Ubá, Tocantins, São Geraldo e Rodeiro, em Minas Gerais; Piúma e Itapemirim, no Espírito Santo; Nova Alvorada, no Mato Grosso do Sul; e no Rio de Janeiro, capital; todos expedidos pela 3ª Vara Federal de Juiz de Fora, Juízo onde tramita a investigação. Cerca de 130 policiais federais, além de 77 policiais militares da 4ª Região de Polícia Militar estão envolvidos na ação.

    Com o objetivo de desarticular o poder econômico da associação criminosa, outras medidas judiciais foram tomadas, como o sequestro de todos os bens imóveis, veículos e ativos financeiros em nome dos investigados, que uma vez condenados, estarão sujeitos a penas que podem superar 30 anos de reclusão. "O nome da Operação foi inspirado na série Narcos, da Netflix, que trata do tráfico internacional de drogas.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.