Terça-feira, 1 de outubro de 2019, atualizada às 13h

Polícia Civil prende trio suspeito de roubos em Juiz de Fora

Da redação
Foto: PC

A Polícia Civil (PC) deflagrou, nesta segunda-feira, 30 de setembro, em Juiz de Fora, a operação “Larápios” para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão em desfavor de suspeitos de cometerem roubos no município, entre junho e agosto deste ano.

Após as investigações realizadas pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, foi possível identificar os autores - que foram reconhecidos pelas vítimas -, localizar e prender três investigados, de 30, 32 e 33 anos.

De acordo com o delegado Rafael Gomes, o suspeito mais velho, que possui diversas passagens pela polícia, teria praticado o crime de roubo no Bairro Mariano Procópio.

Uma mulher estaria com os dois filhos no interior de um veículo, em agosto, quando foi surpreendida pelo investigado, que fazia o uso de uma garrafa quebrada. Ele subtraiu os celulares das vítimas. Segundo as investigações, o homem, de 32 anos, com passagens pela Polícia por porte ilegal de arma de fogo, teria cometido um roubo, no dia 29 de julho. Na ocasião, duas jovens que se encontravam em um bar, no Bairro São Mateus, foram surpreendidas pelo suspeito. Ele portava uma arma de fogo na cintura e, mediante grave ameaça, subtraiu os pertences das vítimas, evadindo do local em seguida.

Conforme o delegado, o outro investigado, que possui mais de 22 folhas de antecedentes criminais, é suspeito de roubar um homem no centro da cidade. “Ele se aproveitou de um momento de distração da vítima para empurrá-la. No chão, a vítima foi agredida com socos e chutes”, disse. Ainda conforme o delegado, nessa ação, há um quarto investigado, de 33 anos, que se encontra foragido. Ele é suspeito de ter cometido um roubo no dia 17 de julho, no Bairro Ladeira.

Os três homens foram encaminhados ao sistema prisional e as diligências seguem em andamento.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.