• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Sexta-feira, 17 de janeiro de 2020, atualizada às 15h38

    Força-tarefa é criada para inibir eventos irregulares no pré-carnaval em Juiz de Fora

    Da redação

    Uma força-tarefa foi criada esta semana para coibir a realização de qualquer evento não autorizado previamente no período do pré-carnaval de Juiz de Fora. A equipe reúne representantes da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Ministério Público. A reunião para criação da força-tarefa ocorreu na última quarta-feira, 16.

    A ação visa evitar blocos irregulares igual ocorrido no último sábado, 11 de janeiro, no bairro Alto dos Passos. A Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) também orienta a população para prestigiar somente os eventos da programação oficial de carnaval, que terá início em 7 de fevereiro, seguindo até o dia 25.

    Três blocos irregulares anunciados em redes sociais para este final de semana, nas praças dos bairros Bom Pastor, Santa Terezinha e Eldorado, já estão sendo monitorados e vão sofrer ações preventivas e ostensivas no dia marcado.

    Os bares instalados em todo o entorno das praças destes bairros serão notificados anteriormente pela Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur) sobre a proibição de promover os eventos e das possíveis sanções administrativas e penais que podem sofrer caso participem da organização dos mesmos. Em cada local, no horário marcado para os encontros, haverá uma equipe da Polícia Militar e da Prefeitura de Juiz de Fora, formada pela Guarda Municipal, agentes de trânsito e fiscalização de posturas, para coibir ambulantes, carros com som e verificar a venda de bebidas em vasilhame de vidro e o uso de serpentina metálica. Também será solicitada a presença do Comissariado de Menores para acompanhar toda a ação e punir a venda e o fornecimento de bebidas alcoólicas para menores, o que é crime previsto em lei.

    O Ministério Público e a Polícia Civil vão acionar o setor de inteligência da Coordenadoria Estadual de Combate aos Crimes Cibernéticos para identificar os envolvidos pelas convocações para eventos irregulares nas redes sociais e tomar as providências no âmbito criminal. Na próxima semana, uma nova reunião será agendada para tratar das ações realizadas por esta força-tarefa e verificar se outros eventos foram agendados.


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.