• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Segunda-feira, 6 de abril de 2020, atualizada às 14h13

    Homem se joga no Rio Paraibuna depois de agredir ex-esposa e fugir da polícia

    Da redação

    Um homem, de 41 anos, se jogou no Rio Paraibuna para fugir da polícia depois de agredir ex-esposa, 29, em Juiz de Fora. A ocorrência foi registrada na madrugada de domingo, 5 de abril.

    A guarnição estava em patrulhamento preventivo pela Avenida Darcy Vargas, no bairro Ipiranga, quando os policiais depararam-se com um homem agredindo uma mulher dentro de um carro que trafegava pelo local. A PM deu ordem de parada para abordagem, mas o motorista empreendeu fuga, ameaçando a pedestres com direção perigosa.

    Para tentar contê-lo, uma viatura fez bloqueio próximo ao trevo do Parque da Lajinha, mas o condutor rompeu o cerco e avançou sobre os policiais que precisaram dar marcha ré para evitar colisão, mas acabaram se chocando contra um poste.

    Já na BR-040, próximo ao trevo de Matias Barbosa, os militares tentaram, novamente, cercar o motorista e desceram da viatura para sinalizar e cessar a fuga, só que o agressor jogou o veículo na direção dos policiais. Logo depois, 500 metros a frente, o homem invadiu a contramão na rodovia e abandonou o carro com a vítima às margens do rio. Ele começou fugir a pé pela mata ciliar e se atirou na água, momento em que a PM o perdeu de vista.

    O Corpo de Bombeiros foi acionado e tentou localizá-lo pelo rio, mas sem êxito.

    A vítima contou aos policiais que era ex-exposa do motorista e que estava em uma confraternização na casa de uma amiga, quando o homem apareceu no local e obrigou-a a entrar no carro, onde passou a agredi-la com vários tapas no rosto e bateu sua cabeça contra o para-brisa. Ele chegou a ameaçar que se jogaria com ela no Rio Paraibuna.

    O carro foi apreendido e as buscas continuam pelo rio.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.