Quarta-feira, 6 de maio de 2020, atualizada às 12h

Prefeito de JF registra boletim de ocorrências após ameaça em grupo de WhastApp   

Da redação

O prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas registrou um boletim de ocorrências na Polícia Militar (PM) após ser ameaçado em um grupo pelo WhatsApp. Segundo a PM, Almas recebeu o print de uma conversa no grupo denominado "JF NÃO PODE PARAR".

Ainda conforme a PM, a mensagem dizia: "Vamos passar lá no Francisco Bernardino e meter bala na casa desse FDP. Se ele mora lá ainda".

Em nota, a Polícia Civil informou que tomou conhecimento dos fatos, por meio do Chefe do 4º Departamento. Conforme o delegado-geral Gustavo Adélio Lara Ferreira, na manhã desta quarta-feira, 6, foi realizada a oitiva do prefeito, que contou com a presença do Delegado Regional de Juiz de Fora, Armando Avolio Neto, e do Delegado Vitor Fiuza, autoridade policial responsável pela investigação do caso na 7ª Delegacia de Polícia Civil. O Delegado Regional reforçou que as diligências estão em andamento para identificar a autoria desse caso. Já o Chefe de Departamento ressaltou que “ a Polícia Civil segue apurando os fatos, em todas as suas circunstâncias”.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.