• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Segunda-feira, 17 de agosto de 2020, atualizada às 11h04

    PM registra dois homicídios no domingo em Juiz de Fora

    Da redação

    Dois homicídios foram registrados pela Polícia Militar (PM) no domingo, 17 de agosto, em Juiz de Fora. O primeiro ocorreu no bairro Ipiranga e vitimou um homem, de 26 anos.

    Conforme o boletim de ocorrência, as viaturas foram acionadas por familiares da vítima que comparecerem, na Rua Bady Geara. Eles contaram aos policiais que o jovem estava próximo de sua residência com um outro jovem, 21, quando foram surpreendidos por duas pessoas com armas de fogo.

    Segundo o boletim da PM, a vítima tentou fugir, mas foi atingida com disparos na cabeça. O segundo jovem, de 21 anos, conseguiu acessar um escadão e fugir e ainda não foi localizado. Junto ao corpo, a PM encontrou anéis, relógios e um cordão, além da quantia de R$ 3.260 em dinheiro. Os materiais foram entregues à esposa do jovem.

    Os familiares identificaram dois suspeitos, de 24 e 25 anos, que ameaçavam o jovem de morte antes do ocorrido. Eles não foram encontrados até o fechamento desta ocorrência.

    Já na noite de domingo, 16, outro jovem, de 22 anos, foi morto a tiros na porta de um bar, no bairro Vila Esperança.

    De acordo com informações do boletim da PM, testemunhas relataram que a vítima estava na porta do estabelecimento comercial, na Rua João Ribeiro Novaes, por volta das 20h, quando dois indivíduos se aproximaram.

    O primeiro deles pediu um cigarro para a vítima, momento em que foi atingida por disparos de arma de fogo na cabeça.

    A equipe da PM foi acionada para comparecer ao local, realizou rastreamento pela região, mas não encontrou suspeitos.

    Durante a ocorrência, familiares do rapaz receberam ligações informando que um dos envolvidos seria um menor, que teria cometido o crime por achar que a vítima era um morador do bairro Barreira do Triunfo, que tinha agredido em data anterior um dos seus irmãos.

    A perícia compareceu no local, sendo realizado os trabalhos de praxe e o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

    Os casos serão investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios da Polícia Civil.


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.