Sexta-feira, 6 de novembro de 2020, atualizada às 8h30

PC cumpre mandado de busca e apreensão em instituição de longa permanência para idosos

Da redação

Na manhã desta quinta-feira, 5 de novembro, a Polícia Civil de Minas Gerais realizou o cumprimento de mandado de busca e apreensão, em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI), na Zona Sul do município de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

Conforme informações da titular do Núcleo de Atendimento ao Idoso, delegada Mariana Veiga, a ação ocorreu, após a instauração de um inquérito policial a fim de apurar denúncia de maus-tratos referente a péssimas condições das instalações, bem como à assistência precária no local - relacionada aos cuidados com os idosos na alimentação e na higiene.

A perícia foi acionada para os levantamentos técnicos e as diligências também contaram com a participação da Vigilância Sanitária do município. Segundo a autoridade policial, a diretora da instituição será indiciada, conforme disposto no artigo 99, do Estatuto do Idoso, que diz “expor a perigo a integridade e a saúde, física ou psíquica, do idoso, submetendo-o a condições desumanas ou degradantes ou privando-o de alimentos e cuidados indispensáveis, quando obrigado a fazê-lo, ou sujeitando-o a trabalho excessivo ou inadequado”. 

A delegada explica que “o relatório circunstanciado da ação instrui o inquérito policial para o indiciamento da diretora por infração ao artigo 99, do Estatuto do Idoso, e será remetido à Promotoria de Defesa dos Direitos dos Idosos para as providências cabíveis”.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.