Polícia Civil apura caso de estupro de vulnerável em Juiz de Fora

da Redação - 26/01/2021

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu mandado de busca e apreensão, nesta segunda-feira, 25 de janeiro, em desfavor de um homem de 30 anos, suspeito de ter praticado estupro de vulnerável, no município de Juiz de Fora. Após denúncia de que uma garota - que na época dos fatos tinha 11 anos - teria sido abusada sexualmente em uma escola pública na cidade, no final de novembro de 2018, policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento realizaram uma ação que resultou na apreensão de dois celulares, dois notebooks e de uma CPU, na residência do homem.

Conforme informações da delegada Ione Barbosa, a perícia está atuando na análise do material. “Até o momento, alguns materiais serão enviados para Belo Horizonte para serem analisados. O suspeito também está sendo ouvido e estamos no aguardo do resultado da perícia para tomar as providências cabíveis, entre elas, a possível prisão em flagrante do investigado. Se for preciso que todo o material apreendido seja enviado para BH, aguardaremos o resultado dos laudos periciais para dar andamento ao pedido de prisão do suspeito”, concluiu, enfatizando que a investigação prossegue.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.