O vocalista da banda Raul Queixas e Mágoas e policial federal aposentado, Américo Vieira Júnior, de 63 anos, morreu esfaqueado neste domingo, 28 de março.    

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o crime foi registrado no Bairro Jardim do Sol, Zona Sudeste de Juiz de Fora.

A suspeita, companheira da vítima, foi presa e encaminhada à delegacia. Ela resistiu à prisão, efetuando um corte da mão do policial, que precisou ser encaminhado ao HPS. O Samu foi acionado, entretanto, o óbito foi constatado no local.

O vocalista da banda Raul Queixas e Mágoas e policial federal aposentado, Américo Vieira Júnior, de 63 anos, morreu esfaqueado neste domingo, 28 de março.    

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o crime foi registrado no Bairro Jardim do Sol, Zona Sudeste de Juiz de Fora.

A suspeita, companheira da vítima, foi presa e encaminhada à delegacia. Ela resistiu à prisão, efetuando um corte da mão do policial, que precisou ser encaminhado ao HPS. O Samu foi acionado, entretanto, o óbito foi constatado no local.

-

O vocalista da banda Raul Queixas e Mágoas e policial federal aposentado, Américo Vieira Júnior, de 63 anos, morreu esfaqueado neste domingo, 28 de março.    

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o crime foi registrado no Bairro Jardim do Sol, Zona Sudeste de Juiz de Fora.

A suspeita, companheira da vítima, foi presa e encaminhada à delegacia. Ela resistiu à prisão, efetuando um corte da mão do policial, que precisou ser encaminhado ao HPS. O Samu foi acionado, entretanto, o óbito foi constatado no local.