Granja que sediou festa clandestina é interditada pela fiscalização

Além das interdições, foi emitido um auto de infração para um bar localizado no Alto dos Passos

por Jorge Júnior - 07/08/2021

A operação Fiscalização pela Vida segue atuando em Juiz de Fora para garantir o cumprimento dos protocolos sanitários. Nesta semana, três locais foram interditados pelos fiscais de posturas da Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur): um quiosque, no bairro Teixeiras, por promover aglomeração com música ao vivo durante o final de semana; uma granja onde foi realizada festa clandestina no sábado, dia 31, no bairro Filgueiras; e, ainda, um bar localizado no bairro de Lourdes, que ocasionou muita aglomeração no domingo. 

Além das interdições, foi emitido um auto de infração para um bar localizado no Alto dos Passos, também por aglomeração no final de semana. Na granja do Filgueiras, além da interdição do local, o proprietário da granja foi autuado. Já organizador do evento clandestino, já havia recebido auto de infração no sábado, no valor de R$ 20 mil. A atuação atende a Lei 14.220/21, criada em 23 de julho, que determina a aplicação de multa a qualquer evento ou festa de qualquer natureza que esteja em desconformidade com as regras estipuladas pelo Programa Juiz de Fora pela Vida.

A equipe da Fiscalização pela Vida esteve em 27 estabelecimentos nesta quinta-feira, 5. A operação - coordenada pela secretária de governo, Cidinha Louzada - é uma atuação conjunta dos fiscais de posturas da Sesmaur; dos guardas municipais da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc); dos agentes de transporte e trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMU), da Agência de Proteção e Defesa do Consumidor de Juiz de Fora (Procon) e da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.