Juiz de Fora - MG

Estelionatário é preso por usar bitcoins para aplicar golpes

Suspeito ostentava vida de luxo para demonstrar falsa rentabilidade

por Redação - 07/07/2022


Um homem de 46 anos foi preso por diversas modalidades de estelionato pela  equipe de policiais do Núcleo de Acervo Cartorário da Delegacia Regional de Juiz de Fora nessa quarta-feira (6). De acordo com o delegado Samuel Neri, o suspeito usava criptomoedas nas ações delituosas. O infrator foi detido no centro da cidade, após realização de rastreamento e campana.

De acordo com a Polícia Civil, o investigado vendia criptomoedas (Bitcoins) presencialmente. Ele frequentava diversos eventos sociais da alta sociedade da Zona da Mata e ostentava fotos em helicóptero e viagens de luxo, com o intuito de conquistar viabilidade e credibilidade diante das vítimas.
O suspeito se apresentava como proprietário de uma empresa de capitais em suas redes sociais, com intuito de demonstrar a suposta rentabilidade de suas aplicações financeiras. Depois, ele prometia retorno mais rápido e vantajoso do que por vias legais. Ele convencia as pessoas a investir quantias, simulava o depósito em caixa eletrônico e, conseguindo efetuar a fraude, sumia e deixava as vítimas desamparadas.

O suspeito teve a prisão preventiva decretada. A pena prevista para estelionato é de um a cinco anos de reclusão e multa. O prejuízo causado às vítimas ainda não foi calculado. O delegado Samuel Neri ressalta que pode haver outros casos semelhantes na cidade e na região. A Polícia Civil orienta as pessoas que possam ter sido lesadas por esse estelionatário a comparecer à Delegacia. As informações podem contribuir para a investigação.

Foto: Agência Minas

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.