• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos

    Segunda-feira, 15 de outubro de 2007, atualizada às 19h15

    Lojistas são obrigados a trocar brinquedos que vieram com defeito


    Thiago Werneck
    Repórter

    Se o seu presente de dias das crianças foi comprado com defeito, exija seus direitos. O consumidor que comprou qualquer brinquedo com defeito tem 90 dias para exigir que a loja faça a troca do produto. O comerciante, por sua vez, tem 30 dias para dar uma solução ao problema. Caso isso não aconteça o Procon deve ser procurado.

    Ao contrário do que acontece com as roupas, a troca por não ter gostado do produto é mais rara. De acordo com o advogado do Procon, Eduardo Schröder, nenhum estabelecimento é obrigado a efetuar a troca nesse caso. "Pode até haver uma negociação entre consumidor e vendedor, mas não há obrigação, anda mais quando a embalagem do brinquedo já está aberta", explica.

    Já com os produtos eletro-eletrônicos, item muito procurado como presente, é preciso um cuidado especial em caso de defeito. "Às vezes o consumidor tem que levar em assistência técnica, mas é importante lembrar: quem for consertar tem que estar credenciado pelo fabricante, caso contrário ele perde a garantia do produto", ressalta Eduardo.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.