• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos



    Lazer - festas, bares, cinema, teatro e muito mais


    Os meses de dezembro e janeiro chegam a parecer sinônimo de férias. Os jovens, quase sempre sem aulas, se preparam para encontrar a turma e curtir muito o tempo de folga. A garotada encerra o ano letivo e fica de olho na diversão. Os pais, de férias ou não, acabam tendo que acompanhar o ritmo dos baixinhos que não querem ficar em casa.

    Para aproveitar cinemas, teatros, museus e muito mais, usufruindo de todos os seus direitos de consumidor, fique atento às dicas.

    Meia Entrada - Lei Estadual nº 7844, de 13/05/92. Todo aluno regularmente matriculado em estabelecimentos de ensino de primeiro, segundo e terceiro graus (fundamental, médio e superior) paga meia entrada em cinemas, circos, espetáculos teatrais, esportivos, musicais e de lazer em geral. É obrigatória a apresentação da carteira de identificação estudantil, emitida pela União Nacional dos Estudantes (UNE) ou pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES).

    Carteirinhas - Os estabelecimentos não são obrigados a aceitar carteirinhas de universidades, cursinhos ou colégios como documento comprovatório para meia entrada.

    Informações sobre oferta - O estabelecimento deve informar a lotação ideal (número de lugares existentes no local do espetáculo), ficando proibida a venda de ingressos em número superior à referida lotação. Quando esta estiver completa, a bilheteria ou local de venda deve informar, por escrito e de forma visível, que a lotação está esgotada. Os horários devem estar afixados em lugar visível e de fácil leitura.

    Segurança - Dados relativos à segurança do público devem estar bem evidenciados (localização de extintores, sistema de abandono do prédio em caso de risco, saídas de emergências, condição de refrigeração da sala, etc.)

    Ingressos - Normalmente o consumidor paga um valor único para usufruir dos serviços prestados. Uma sugestão é consultar sobre preços especiais, os dias de visitas gratuitas, descontos para grupos (escolas, por exemplo) e o abatimento no preço para menores.

    Reservas e entregas à domicílio - Nas reservas feitas por telefone, verifique a forma de pagamento e onde os ingressos devem ser retirados. Peça o nome do funcionário que o está atendendo e/ou alguma senha. Nas entregas em domicílio, certifique-se sobre as taxas cobradas pelo serviço e condicione o pagamento à entrega dos ingressos.

    Entrada e Consumação - Os estabelecimentos não podem cobrar o valor da entrada cumulativamente à consumação mínima. Esta prática é ilegal e deve ser denunciada aos Procons, pois caracteriza vantagem manifestamente excessiva do fornecedor.

    Couvert Artístico - Estabelecimentos que tenham apresentações de música ao vivo ou qualquer outra manifestação artística e que cobrem "couvert artístico", deverão fazer constar de seus cardápios, de forma ostensiva ao público, o valor cobrado por pessoa e os dias e horários das apresentações. A cobrança é admitida somente nos dias e horários em que houver apresentação de artistas no local.

    Fonte: Fundação Procon-SP

    Procon (Centro) - Juiz de Fora
    Avenida Independência, 992
    Centro - Juiz de Fora - MG
    Telefone: 156


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.