SÃO APULO, SP (FOLHAPRESS) - O linguista e filósofo norte-americano Noam Chomsky enviou uma mensagem a Fernando Haddad (PT-SP) elogiando o livro que o petista escreveu baseado em uma conversa que os dois, e mais o crítico literário Roberto Schwarz, tiveram uma semana antes do primeiro turno das eleições de 2018. Naquele ano, Haddad disputou a presidência, e foi derrotado.

Definindo o livro como desafiante e provocativo, o filósofo afirmou que ele se aprofunda no exame de "questões de grande significado intelectual e de relevância para a para a vida humana".

Chomsky definiu ainda o encontro entre ele e Haddad como "uma noite memorável". "É bom saber que ela ajudou a realizar este estudo muito interessante", diz. Ele ainda afirma que há "dias tensos neste momento", mas que espera poder voltar a se encontrar para conversar sobre os mesmos temas.