SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ativista Graça Machel, viúva de Nelson Mandela, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e a empresária Luiza Helena Trajano se reuniram na Sala São Paulo, na capital paulista, na noite de segunda-feira (21) para prestigiar a cerimônia de entrega do 20° Troféu Raça Negra.

Juntas, elas foram homenageadas pelo prêmio que celebra personalidades atuantes no combate ao racismo e na defesa da população negra.

A escritora moçambicana Paulina Chiziane, primeira mulher negra a vencer o Prêmio Camões, também foi agraciada, assim como a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), a procuradora-geral de São Paulo, Inês Maria dos Santos Coimbra, a atleta Fofão e a socióloga Neca Setubal.

A ex-ministra e deputada federal eleita Marina Silva (Rede-SP), a ex-primeira-dama de São Paulo Lu Alckmin e a senadora Simone Tebet (MDB-MS) compareceram à cerimônia. A empresária Chieko Aoki e o escritor e colunista da Folha de S.Paulo Tom Farias também estiveram lá.