SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ator Alec Baldwin pode pegar 6 anos e meio de cadeia se for considerado culpado em todas as acusações envolvendo a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins. A previsão foi feita por Mark Geragos, advogado norte-americano voltado para a área de defesa criminal.

A diretora foi baleada e morreu no set de filmagem de "Rust", em outubro de 2021. Baldwin foi acusado de homicídio culposo e de aprimoramento de arma de fogo -esta, pode render cinco anos de prisão ao ator, no mínimo.

Já a acusação de homicídio culposo é capaz de render uma sentença de 18 meses caso o ator seja condenado. "O problema que [Baldwin] enfrenta nisso é que o homicídio involuntário não exige que ele tenha a intenção. Ele não precisa ter o estado mental que queria fazer isso. É negligência", disse Geragos ao America's Newsroom.

O advogado acredita que os representantes legais do ator vão tentar negociar um acordo com a promotoria. Para ele, um ponto que prejudica Baldwin é que o ator não tinha apenas a função de atuar no filme, mas também era produtor.

"[A promotoria] está vindo atrás dele sob ambas as teorias. Eles estão dizendo que o ator que puxou o gatilho, embora ele negue ter puxado o gatilho, e também que seria o produtor que estava cortando atalhos, tentando economizar dinheiro às custas de segurança", disse.

"Eles meio que o encurralaram, digamos assim. Qualquer bom advogado de defesa, e ele tem um advogado de defesa muito bom, sempre explorará a ideia de um acordo. É quase imperícia não fazê-lo. Não importa o que seu cliente esteja lhe dizendo, você tem que dar a ele suas opções. Se ele for condenado por essa acusação com o uso obrigatório, ele enfrentará cinco anos de prisão. Portanto, eles vão explorar algum tipo de acordo", explicou o advogado.

Tags:
Advogado