• Assinantes
  • Cultura
    Terça-feira, 25 de julho de 2017, atualizada às 8h16

    Morre primeira porta-bandeira de JF, Nancy de Carvalho

    Da redação

    Morreu, nesta segunda-feira, 24 de julho, a primeira porta-bandeira de Juiz de fora, Nancy de Carvalho, 82 anos.

    Segundo a Liga Independente das Escolas de Samba de Juiz de Fora (Liesjuf), a sambista estava internada há alguns dias e seu quadro era instável. No início da noite, diversas pessoas manifestaram a perda da carnavalesca.

    Em seu perfil, o prefeito Bruno Siqueira lamentou a morte: "é com pesar e muito respeito que recebo a notícia do falecimento da eterna porta-bandeira de Juiz de Fora, Nancy de Carvalho. Muito homenageada pela nossa cidade, ela representou a força da mulher no samba rompendo as barreiras e levantando o pioneirismo, típico do juiz-forano. Meus sinceros sentimentos aos familiares, amigos e a todos do Bloco do Beco e da Escola de Samba Feliz Lembrança, fundada pela família dela. Que Deus console a todos nesse momento difícil".

    A Escola Mocidade Alegre também seu manifestou, pelas redes sociais: "nos despedimos daquela que foi a primeira a carregar o pavilhão de uma escola de samba em nossa cidade e em nosso estado, D. Nancy de Carvalho, mulher que atravessou gerações em defesa do nosso samba, lutou e agora se reúne a outros grandes baluartes do carnaval no céu. Temos certeza que "a vida foi tão boa pra quem teve seu amor" e hoje só podemos "chorar a nossa dor". Mas, uma coisa é certa: D. Nancy, depois de tanta alegria que nos deu, agora descansará "onde o sol dourado nasce e desperta o amanhecer". Dela, ficaremos eternamente com uma "Feliz Lembrança". Toda nossa solidariedade a nossos irmãos e irmãs da escola Feliz Lembrança neste momento de dor".

    O sepultamento ocorre nesta terça-feira, 25 de julho, às 15h, no cemitério do Bairro Vila Isabel, em Três Rios. O velório será na capela do cemitério São José, no Centro.

    Sobre Nancy

    Nancy de Carvalho foi uma das fundadoras do tradicional Bloco do Beco e sempre esteve envolvida com o Carnaval, pois, além de ser a primeira porta-bandeira da cidade, sua família é fundadora da escola de samba Feliz Lembrança.

    Após conhecer a Turunas do Riachuelo – primeira escola de Juiz de Fora –, a cidade se preparava para receber sua segunda escola de samba: a data era 9 de fevereiro de 1939, e a Feliz Lembrança passava a fazer parte da história da música do município. Sua criação contou decisivamente com a família Carvalho.

    Em 2011, Nancy foi homenageada pela organização do carnaval da cidade e emprestou seu nome para o 1º Concurso de Marchinhas Carnavalescas de Juiz de Fora.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.