Quarta-feira, 9 de setembro de 2015, atualizada às 16h17

Chuvas mantém níveis das represas de Juiz de Fora

Apesar dos 56,9 mm de chuvas que caíram em Juiz de Fora desde a última sexta-feira, 4 de setembro, os níveis das três represas da cidade não foi alterado até esta quarta, 9.

Segundo a assessoria da Cesama, Chapéu D'uvas e João Penido permanecem em 52,7% e 22,6%, respectivamente. Já a represa de São Pedro teve aumento do nível, passando de 22,1% na sexta, para 26,6% nesta quarta-feira. O órgão considera o resultado bom. "É um aspecto positivo, pois foram seis dias de abastecimento e os níveis dos mananciais foram mantidos. As chuvas foram positivas porque as represas deixaram de cair e estabilizaram. O rodízio ainda continua e precisamos que as pessoas continuem economizando água", explica a assessoria de comunicação.

-
Quarta-feira, 9 de setembro de 2015, atualizada às 16h17

Chuvas mantém níveis das represas de Juiz de Fora

Apesar dos 56,9 mm de chuvas que caíram em Juiz de Fora desde a última sexta-feira, 4 de setembro, os níveis das três represas da cidade não foi alterado até esta quarta, 9.

Segundo a assessoria da Cesama, Chapéu D'uvas e João Penido permanecem em 52,7% e 22,6%, respectivamente. Já a represa de São Pedro teve aumento do nível, passando de 22,1% na sexta, para 26,6% nesta quarta-feira. O órgão considera o resultado bom. "É um aspecto positivo, pois foram seis dias de abastecimento e os níveis dos mananciais foram mantidos. As chuvas foram positivas porque as represas deixaram de cair e estabilizaram. O rodízio ainda continua e precisamos que as pessoas continuem economizando água", explica a assessoria de comunicação.

Quarta-feira, 9 de setembro de 2015, atualizada às 16h17

Chuvas mantém níveis das represas de Juiz de Fora

Apesar dos 56,9 mm de chuvas que caíram em Juiz de Fora desde a última sexta-feira, 4 de setembro, os níveis das três represas da cidade não foi alterado até esta quarta, 9.

Segundo a assessoria da Cesama, Chapéu D'uvas e João Penido permanecem em 52,7% e 22,6%, respectivamente. Já a represa de São Pedro teve aumento do nível, passando de 22,1% na sexta, para 26,6% nesta quarta-feira. O órgão considera o resultado bom. "É um aspecto positivo, pois foram seis dias de abastecimento e os níveis dos mananciais foram mantidos. As chuvas foram positivas porque as represas deixaram de cair e estabilizaram. O rodízio ainda continua e precisamos que as pessoas continuem economizando água", explica a assessoria de comunicação.