Perda para a cultura juizforana, brasileira e mundial Luciana Stegagno Picchio era amiga de Murilo Mendes e doou parte do espólio do poeta, que guarda na sua casa de Roma, a Juiz de Fora

As informações abaixo foram enviadas pela professora Leila Barbosa, através do link, SUA NOTÍCIA.

foto da Luciana Faleceu em Roma, no dia 28 de agosto de 2008 - a professora, crítica e tradutora Luciana Stegagno Picchio, colega, amiga dedicada e estudiosa de Murilo Mendes. Italiana de Alessandria, ícone e referência das literaturas de língua portuguesa, Luciana era membro correspondente da Academia Brasileira de Letras, da Academia de Ciências de Lisboa, e recebeu o título de Doctor honoris causa da Universidade Federal de Juiz de Fora, por sua grande contribuição ao CEMM, hoje, MAMM.

Na oportunidade, Luciana anunciou que doaria a Juiz de Fora, em retribuição à homenagem recebida, a parte do espólio de Murilo Mendes que guarda na sua casa de Roma: manuscritos, cartas, originais. Um tesouro, que ajudou seu trabalho de composição da monumental edição crítica da Poesia completa e prosa do poeta, publicada pela Nova Aguilar em 1994. Publicou ainda mais de 500 outras obras sobre a literatura lusófona, inclusive um livro sobre a literatura brasileira e foi prefaciadora do livro A trama poética de Murilo Mendes, das professoras Leila Barbosa e Marisa Timponi.

O mundo sentirá sua perda, pois seu trabalho é um marco na cultura universal. A cultura brasileira e, em especial nós, de Juiz de Fora, sofremos o luto e o vazio deixado pela ausência de uma intensa e sábia voz.

Se você também quiser participar, enviando uma notícia que registrou, cadastre-se no link SUA NOTÍCIA e anexe as suas informações. Leie atentamente o regulamento

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.