Terça-feira, 11 de novembro de 2008, atualizada às 12h30

Nova eleição no Concult devido a empate para escolha de titulares e suplentes em quatro categorias do Conselho

Marinella Souza
*Colaboração

Na próxima quinta-feira, 13 de novembro, uma nova eleição vai ser realizada para escolher titulares e suplentes de quatro categorias do Conselho Municipal de Cultura de Juiz de Fora (Concult).

As categorias empatadas são: Artes Cênicas; Literatura; Cultura Popular e Entidade Privada. Figurando entre uma das empatadas está a Associação dos Artistas de Juiz de Fora (Associarte), o presidente da entidade, Marcos Marchiori , explica que ficou difícil articular para eleger uma entidade.

A eleição já havia acontecido no último sábado, 08 de novembro. Na ocasião foram eleitos titulares e suplentes das seguintes categorias: Música; Etnias; Patrimônio Material e Imaterial; Artes Plásticas e Carnaval. Como as outras quatro categorias empatara, é necessário uma nova votação para que haja o desempate, segundo a legislação.

No caso de novo empate, uma das responsáveis pela secretaria executiva do Concult, Adriana Abrantes, explica que entra quem comprovar maior tempo de ações culturais. "E se ainda assim o empate persistir, é realizado um sorteio público para a escolha dos representantes. Mas eu acredito que não vamos chegar a esse ponto. Só com a nova votação já vamos conseguir os representantes das categorias que estão faltando", acredita.

Marchiori considera a possibilidade de um acordo entre as instituições que estão pleiteando a vaga para que alguma delas abra mão em prol da outra para facilitar o processo eletivo. "Não importa quem vai entrar, desde que seja uma instituição séria, comprometida com a cultura e aberta ao diálogo democrático", diz.

Adriana concorda com Marchiori. "O Concult tem muitas funções, mas a mais importante delas, a meu ver, é o seu caráter deliberativo que permite interferência na área cultural. As idéias passam a ser pensadas de forma conjunta e a gente espera que os eleitos venham somar, trazer suas experiências profissionais para montar projetos e ações junto com a Funalfa", declara.

Conheça os nomes dos candidatos:
  • Artes Cênicas: Guy Schmidt e Sandra Emília Barcelos
  • Literatura: Anapaula G. Madeira e Jorge Sanglard/
  • Cultura Popular: Anna Maria Monteiro Amadeu e Régis da Vila
  • Entidade Privada: Associação dos Artistas de Juiz de Fora (Associarte), Associação de Produtores de Artes Cênicas de Juiz de Fora (Apac-JF) e Programa de Estudos e Revitalização da Memória Arquitetônica e Artística (Permear)

Em virtude do empate também para o ocupante da cadeira de segundo suplente para a categoria Entidade Privada, será realizada uma nova escolha entre as entidades Batuque Afro-brasileiro de Nelson Silva e Centro de Formação da Criança e do Adolescente (Cenfor), entidades que ficaram em segundo lugar na primeira votação.

*Marinella Souza é estudante de Comunicação na UFJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.