Funalfa divulga selecionados para a mostra competitiva  Mostra competitiva, oficinas, espetáculos e homenagem ao TQ movimentam o 4º Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora

Pablo Cordeiro
Colaboração
5/8/2009
Toninho Dutra em coletiva
Leia mais:
  • Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora bate recorde de inscritos

A lista dos 15 espetáculos selecionados para a mostra competitiva do 4º Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora (ver box abaixo) foi divulgada nesta quarta-feira, dia 5 de agosto. O evento começa no dia 31 de agosto e vai até 7 de setembro, quando ocorre a premiação dos vencedores.

Segundo Toninho Dutra, o número de inscrições superou as expectativas e atingiu a marca inédita de 95 espetáculos para a competição, sendo selecionados apenas 15. "O grande número de inscrições significa o respeito pelo festival e pelos grupos. Na maioria dos espetáculos observa-se a qualidade do ator, da produção e da direção. Estamos caminhando para a consolidação do evento no calendário oficial da cidade", destaca. Para ele, a tendência é de que sejam espetáculos mais baratos, porém que evidenciem o padrão do artista.

Devido ao gabarito dos trabalhos inscritos e ao crescimento natural do evento, a comissão julgadora decidiu aumentar em três o número de grupos na mostra competitiva. Ao todo, foram registradas inscrições de 37 cidades em dez estados brasileiros: Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Alagoas, Amazonas, Rio Grande do Sul, Bahia e Distrito Federal. Em Juiz de Fora, dez grupos fizeram a inscrição, mas apenas um foi classificado.

A seleção dos espetáculos seguiu criteriosamente as regras do edital e da apresentação do material filmado. Toninho conta que foram 55 horas de análise das propostas e a comissão de seleção foi composta por profissionais e especialistas no teatro. As apresentações da mostra competitiva ocorrem no CCBM (Getúlio Vargas, 200), Pró-Música (avenida Rio Branco, 2.239), na rua Halfeld, 1.179 e 1322. Os ingressos podem ser adquiridos através da troca por um quilo de alimento (dois quilos para as oficinas) ou um livro de literatura em boa conservação. Os locais de aquisição dos ingressos e programação detalhada ainda serão divulgados pela Funalfa.

Uma questão levantada é a possibilidade de cancelamento ou adiamento do festival devido à ameaça da gripe A (H1N1). Toninho Dutra não descarta a hipótese. "Não apenas este, mas qualquer evento de grande porte está sujeito a alterações." A organização irá se reunir com uma comissão da Prefeitura, com participação do prefeito Custódio de Mattos, para tomar a decisão mais apropriada.

Intervenções artísticas

Paralela à mostra competitiva, que ocorre entre 2 e 6 de setembro, o festival traz outras atividades para Juiz de Fora. "Durante o evento irão acontecer espetáculos ao ar livre de grupos locais, com a intenção de aproximar e chamar a atenção do público para o festival", comenta Toninho.

Nesta edição do evento, serão realizadas cinco oficinas, ministradas por professores renomados de Minas Gerais e Rio de Janeiro. As palestras serão realizadas na Casa de Cultura da Universidade Federal de Juiz de Fora (avenida Rio Branco, 3.372), no Museu Ferroviário de Juiz de Fora (avenida Brasil, 2.000), no CCBM e na rua Halfeld, 235 - Praça da Estação.

O diretor teatral Marcos Maninho irá organizar uma mostra de performances no Espaço Cultural Mezcla (Rua Benjamin Constant, 720 - Centro), que será apresentada nas noites do festival.

Homenagem

Assim como nas edições anteriores, a homenagem do festival segue a tendência de destacar pessoas que têm colaborado por um grande período de tempo com o teatro na cidade. Desta vez, o contemplado será o Teatro de Quintal (TQ), que completa 30 anos de atividade neste ano. "Trata-se de um trabalho de valorização e referência, porque nós que somos da área sabemos o quanto é difícil manter um grupo de teatro por todo esse tempo", define o superintendente da Funalfa.

Para celebrar, um conjunto de esquetes do TQ será apresentado ao público no primeiro dia do festival, às 20h, no Cine-Theatro Central, com participação de artistas do grupo e de outras companhias da cidade.

Grupos da mostra competitiva:

"A Ver Estrelas" - Cia 3meia9 - Juiz de Fora/MG - Infanto-juvenil

"As Mulheres da Rua 23" - Cia de Teatro Autoral - Rio de Janeiro/RJ - Adulto

"A Invenção de Loren" - Cia Delas de Teatro - São Paulo/SP - Adulto

"Ciranda das Flores" - Cia Prosa dos Ventos - São Paulo/SP - Infantil

"Gandhi, um líder servidor" - Cia Teatral Aqjuna - São Paulo/SP - Adulto

"Pé de Bicho" - Cia Teatral Faunos - Joinville/SC - Infantil

"O Pássaro Azul" - Companhia Levante - São Caetano do Sul/SP - Infantil

"A Dama da Noite" - Confraria de Teatro nau dos Loucos - Nova Iguaçu/RJ - Adulto

"A Fabulosa Viagem de Duda e Lula em Busca da Irmã Perdida ou Cadê Kika?" - Grupo Caixa de Histórias - São José dos Campos/SP - Infantil

"E Nós Que Nem Sabemos" - Grupo Moinho - Ouro Preto/MG - Adulto

"Precisa-se de um Mané" - La Cascata Cia Cômica - São José dos Campos/SP - Infantil

"Spirulina em Spathódea" - Na Companhia Dos Anjos - São Paulo/SP - Adulto

"O Ovo Sapiens de Pina Bausch" - Ogawa Butoh Center - São Paulo/SP - Infantil

"Consummatum Est" - Os Ciclomáticos Cia de Teatro - Rio de Janeiro/RJ - Adulto

"La Mutante Varieté" - The Pambazos Bros - São Paulo/SP - Adulto

Lei Murilo Mendes

O superintendente da Funalfa, Toninho Dutra, também comentou sobre o andamento das avaliações das propostas da Lei Murilo Mendes. Segundo ele, a comissão está na fase final dos julgamentos e o resultado será revelado até o final de setembro. Até o momento, o contingenciamento atingiu R$ 700 mil, no entanto, a organização espera chegar à marca de R$ 1 milhão.

Foram enviados 234 projetos. Destes, cerca de 80 propostas serão aceitas, dependendo do valor de cada um. Dutra ressalta um problema que vem eliminando muitas propostas: a irregularidade no envio de documentos simples exigidos pelo edital. Ele também destaca o grande número de projetos de baixo custo (valor inferior a R$ 4 mil), cerca de 50.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora bate recorde de inscritos

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.