Quarta-feira, 14 de outubro de 2009, atualizada às 14h

Ciclo de palestras discute democracia e política em Juiz de Fora

Pablo Cordeiro
*Colaboração

Com a temática "Discutindo a Democracia", é realizado um ciclo de palestras em Juiz de Fora. O evento reúne professores e cientistas políticos em debates que abordam desde as eleições de 2010 até a influência dos meios de comunicação e movimentos sociais na contemporaneidade. A entrada é franca e aberta para públicos de todas as idades. Todas as palestras (confira a programação abaixo) ocorrem na sede do Instituto Cidade, localizado na avenida Francisco Bernardino, 30, 2° andar.

Segundo a coordenadora de formação política do Instituto Cidade, Mariângela Nascimento, o objetivo é fornecer uma visão mais esclarecedora sobre a política brasileira. "A proposta é desenvolver programas e projetos sociais, construindo um espaço público de debate. Com isto, esperamos desenvolver a produção de ideias políticas estruturadas", esclarece.

Sobre a receptividade e interesse do juizforano pelo assunto, Mariângela comenta que a expectativa tem sido atingida, mas que a cultura política do povo ainda é deficitária. "É necessária uma reforma e mudança política na sociedade. Atualmente, ainda vemos práticas eleitorais características de momentos do passado autoritário do país, como a venda de voto, por exemplo. A iniciativa vem orientar e esclarecer a nova mentalidade política."

O Brasil de 2010

Nesta quinta-feira, 15 de outubro, o professor de política da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Marcelo Dulci, ministra o encontro com o tema "As eleições no Brasil em 2010". Ele irá debater com os participantes o futuro do país nas eleições do próximo ano. "Vamos analisar possíveis candidaturas e rever a conjuntura de 20 anos, passando por governos, globalização, partidos políticos e visões ideológicas. Trata-se de uma análise retrospectiva e prospectiva dos fatos, deixando de lado especulações sobre os possíveis candidatos da eleição", explica.

Dulci destaca que será uma eleição bastante diferente das que a sociedade está acostumada. "Os candidatos não são tão carismáticos e a eleição não apresenta nenhum diferencial, como o Plano Real. A escolha dos candidatos será mais cerebral. Os políticos terão que mostrar seus programas e cativar o povo. Publicidade apenas não vai bastar." O professor também elucida sobre os aspectos negativos e desafios da crise econômica mundial dos últimos tempos.

Em relação à participação popular em debates, Dulci ressalta que a intenção não é reunir um número imenso de participantes, mas incitar o pensamento consciente nos presentes. "Este é mais um tijolo na construção democrática. O juizforano é mais consciente do que participativo. Até acima da média estadual e nacional. O forte do povo é a escolha consciente do candidato, seja vereador, deputado ou prefeito."

Movimentos sociais

No dia 29 de outubro, será realizado o "1º Encontro dos Movimentos Sociais", com a intenção de discutir a reforma política brasileira. Estão convidados os deputados estaduais André Quintão (PT) e Carlin Moura (PC do B), além de um representante do fórum mineiro de discussão da reforma política. "Na ocasião, vamos abordar a reforma política junto aos movimentos sociais e a lei orgânica", destaca Mariângela Nascimento.

 
Programação
  • Quinta-feira, dia 15 de outubro

As eleições no Brasil em 2010

Prof. Marcelo Dulci (UFJF)

Horário: 18h

  • Terça-feira, dia 20 de outubro

História das instituições políticas no Brasil

Prof. Diogo Tourino (UFJF)

Horário: 18h

  • Sexta-feira, dia 23 de outubro

A centralidade dos meios de comunicação na contemporaneidade

Prof. Paulo Roberto Figueira Leal (UFJF)

Horário: 18h

  • Quinta-feira, dia 29 de outubro

Os movimentos sociais no contexto pós-industrial

Prof. Mariângela Nascimento (UFBa)

Horário: 18h

*Pablo Cordeiro é estudante do 9º período de Comunicação Social da UFJF

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.