• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Jovens talentos da música mineira duelam na melodia contemporânea

    O grupo Quinteto São do Mato recebe a voz belo-horizontina de Maísa Moura neste final de semana. O show ocorre no Museu Mariano Procópio, às 16h

    Nathália Carvalho
    Repórter
    23/11/2012

    Depois de um breve giro pela Europa, o grupo juiz-forano Quinteto São do Mato (foto abaixo, à esquerda) volta a se apresentar na cidade trazendo sua linguagem musical contemporânea ao lado da belo-horizontina Maísa Moura (foto abaixo, à direita), que vem acompanhada de sua delicadeza, técnica e voz suave. O encontro será neste sábado, 24 de novembro, em mais uma edição do Circuito Música da Cidade. O show ocorre no Museu Mariano Procópio, às 16h, com acesso livre e gratuito. A iniciativa é da Cooperativa da Música de Minas Gerais (Comum), com apoio da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) e Funart.

    Já nesta sexta, 23, ocorre o Conversa em Cena, um momento de integração e trocas de experiências, no Anfiteatro João Carriço da Funalfa, às 19h. A proposta é reunir músicos, produtores, jornalistas e interessados em debater sobre a produção da música em Minas Gerais, desde o cenário atual até possíveis desdobramentos. O Circuito terá sua apresentação de encerramento, que também ocorre no Museu, no dia 8 de dezembro, com a banda juiz-forana Matilda e a belo-horizontina Luiza Brina e o Liquidificador.

    Quinteto São do Mato Maísa Moura

    Os músicos

    O Quinteto São do Mato integra uma geração de músicos que desenvolvem uma identidade não limitada por fronteiras, e se caracteriza pela grande diversidade de estilos, em que a liberdade e espontaneidade são a base da criação coletiva. O grupo, formado em 2007, tem como base a música instrumental baseada no erudito, popular, regional, a liberdade de improviso e a riqueza rítmica dos sons brasileiros, toques africanos, música latina e cigana.

    No show deste sábado, o Quinteto divulga o CD de estreia, Leste para Oeste, registro de cinco anos de relação com a música instrumental. No repertório, além de composições do violonista e diretor musical Chadas Ustuntas (Turquia), músicas de Hermeto Pascoal, Moacyr Santos e Baden Powell. Completam a banda, Nara Pinheiro (flauta transversal), Márcio Guelber (violão e acordeom), Maíra Delgado( percussão) e Henrique Nogueira (bateria e tambores).

    Para saborear a noite regada à música mineira, Maísa Moura traz o seu trabalho Sobre Telas, que teve como ponto de partida um conjunto de pinturas da artista plástica Gisele Moura. "Vou fazer uma apresentação que mescla as canções com inspiração das pinturas com meu álbum Moira e ainda outras músicas de amigos e parceiros", conta. Entre as inspirações e referências, estão Chico Saraiva, Mauro Aguiar, Makely Ka, Renato Villaça, Sérgio Ramalho, Péricles Cavalcanti, Gilberto Gil e Moacyr Santos, Tom Zé, Paulo Neves e Zé Miguel Wisnik.

    Segundo Maísa, seu som é baseado totalmente na música brasileira, principalmente a mineira, paulista e nordestina. Em comum, as canções que ganharam arranjos bem cuidados, trazem um forte elemento poético em suas letras. Para a apresentação na cidade, a artista, que já subiu aos palcos juiz-foranos outras vezes, destaca a troca de experiências entre os artistas ao longo do evento. "Será uma ótima oportunidade para trocarmos figurinhas entre os ilustres desconhecidos. Já vi apresentações do Quinteto e percebi referências semelhantes", diz.

    Rafael Azevedo (violão dobro), Guilherme Castro (violão aço, guitarra portuguesa e ronroco) e Léo Dias (percussão e marimba) integram a banda, que apresenta uma instrumentação inusitada acústica com todos os instrumentos microfonados. "Será um show para apreciar a música, e não propriamente para dançar", completa.

    Os textos são revisados por Juliana França

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.