• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quinta-feira, 3 de outubro de 2013, atualizada às 18h13

    Projeto Lê pra mim? recebe mais de 200 crianças no primeiro dia

    Lucas Soares
    Repórter

    Começou na manhã desta quinta-feira, 3 de outubro, a 17ª edição do projeto Lê Pra Mim? em Juiz de Fora, a primeira cidade mineira e também do interior a receber a iniciativa. A ideia é trazer artistas e personalidades da mídia para ler um livro infantil para crianças de 4 a 10 anos. O evento ocorre no Espaço Cultural dos Correios, rua Marechal Deodoro 470, até o próximo dia 7. São duas sessões diárias, sendo a primeira às 11h e outra às 15h.

    O idealizador do evento, Marcelo Aouila, mostrou toda a satisfação por estar pela primeira vez na cidade. "A sensação é de dever cumprido. Nessa sala (sessão das 15h), tem 110 crianças. Se pelo menos 10% delas se interessarem pela leitura, é sucesso absoluto." Questionado se já decidiu qual vai ser a leitura que fará para as crianças, Aouila foi aberto. "Já li muitos livros nesse projeto, mas ainda estou decidindo. Acho que vou optar pelo Marcelo Marmelo Martelo, que conta a história de um garoto que desenvolve uma língua própria, mas que acaba tendo problemas."

    O empresário juiz-forano Alexandre Silveira participou da segunda leitura da sessão das 15h. Ele destacou dois pontos que o levaram a participar da iniciativa. "Estou buscando incentivar o hábito da leitura nas crianças, por mais que se venha os gadgets tecnológicos, como tablets e televisões digitais. A importância de tocar um livro, coisas que vêm se perdendo ultimamente. Meu intuito é, também, mostrar a cultura da cidade. Vou ler a obra de um juiz-forano, com ilustração de um juiz-forano e contando a história de um juiz-forano", diz Alexandre, que leu Lu - O nascimento do pequeno ninja, de André Luiz Gama.

    A supervisora da Escola Estadual Duarte de Abreu, Fabíola Pretti, também ressaltou a importância da leitura. "A criança que adquire o hábito de ler e de escrever, terá um diferencial ao longo dos anos."O aluno da instituição, Antônio Couto, com 11 anos recém completados, foi ao evento pois é apaixonado pelo hábito. "É muito bom ler, você acaba aprendendo mais. Além disso, fica mais tranquilo quando entra no universo dos livros", diz o estudante, que afirma ler, em média, 20 livros por mês.

    Projeto Lê Pra Mim? Projeto Lê Pra Mim?

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.