Quarta-feira, 26 de novembro de 2014, atualizada às 14h55

André Pires fará recital de piano na Série Clássicos Pró-Música

andre

Em comemoração aos 60 anos de palco e prestes a se aposentar como professor da Universidade de Juiz de Fora (UFJF), André Pires realiza recital de piano, nesta quinta-feira, 27 de novembro, às 20h, no Pró-Música, com entrada franca. O convidado da Série Clássicos Pró-Música presta homenagem a todos os professores "efetivos, por boa temporada" de piano que teve ao longo de sua trajetória. Para isso, escolheu peças que tenham sido orientadas por cada um deles.

Bach foi escolhido em tributo a Homero Magalhães, Beethoven a Antônio Guedes Barbosa, Schumann a Ilara Gomes Grosso, Chopin em homenagem a sua mãe, Lourdes Dias Pires, Villa-Lobos atribuído a Arnaldo Estrella e Prokofiev a Myriam Dauelsberg.

No concerto, o pianista não incluiu composições dos mineiros Francisco Valle e Presciliano Silva, resgatadas por ele a partir da tese de doutoramento na UNIRIO. Isso porque a pesquisa, o estudo, a montagem, a interpretação e a performance destas obras foram um trabalho individual.

Há dois anos atuando como regente da Orquestra de Câmara Pró-Música/UFJF no Projeto Orquestra de Câmara CONVIDA, André Pires desenvolve parceria antiga com o centro cultural. Um ano antes de se mudar para Juiz de Fora, o pianista saia de Tiradentes, onde morava, para ensaiar o Coral Pro-Música/UFJF, à frente do qual permaneceu entre 1983 e 1985. Em 1996 teve outra participação institucional, quando sugeriu a fundação de um grupo de câmara, do qual foi diretor por um ano: o septeto Pro-Música Colonial Brasileira. André também preparou o Coral em várias edições do Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga, para a participação do grupo nas gravações de CDs do evento.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.