Quarta-feira, 20 de maio de 2015, atualizada às 11h23

Corredor Cultural terá 70 atrações gratuitas em Juiz de Fora

corrredor

Entre os dias 29 e 31 de maio, Juiz de Fora sedia o Corredor Cultural 2015, com 70 opções de atividades, entre música, dança, teatro, artes plásticas, cinema, artesanato, contação de histórias e literatura.

As atrações estarão distribuídas por 20 espaços da cidade, entre eles praças públicas, teatros, museus, centros culturais, cinema e igreja. A maioria das atividades tem entrada franca e marca os 165 anos de Juiz de Fora, comemorado no dia 31 de maio.

Esta edição do Corredor Cultural será aberta às 9 horas da sexta-feira, 29, com seis exposições no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM – Avenida Getúlio Vargas 200 - Centro). A programação do primeiro dia segue com mais de dez atrações, entre elas os shows dos grupos Beatles Forever e Lúdica Música, respectivamente às 18 e 20 horas, na Praça Antônio Carlos.

Na área teatral, as opções são os espetáculos Perdida! Electra num Mundo de Palhaços, com o Grupo Teatro Mezcla; Canção de Ninar (ou Faça o que tem que Fazer), com o grupo Teatro Obsessivo Compulsivo; Palhaço Cremoggema, com a Cia P&B; e O Rei Pavão, espetáculo infantil do Grupo Divulgação. Ainda na programação para a garotada, haverá Rua de Lazer, Mostra Geral do Programa Gente em Primeiro Lugar, contação de histórias, sessão de cinema - com o filme Cada um na sua Casa, Caravana Mezcla de Palhaços e Dia Mundial do Brincar.

Para os admiradores da música, a maratona inclui apresentações de Sandra Portella, DJ Kalango, Los Kactus, Urbana Legio, Nascimento e Banda, Tânia Bicalho, bandas de Música do 2º Batalhão da Polícia Militar e da 4ª Brigada de Infantaria Leve de Montanha, Thiago Miranda, Coral da Funalfa/Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Trio O'Clock, Márcio Gomes, Orquestra Escola do Pró-Música, Chadas Ustuntas e Melhor Assim. A Banda Visco também se apresentará na UFJF, parceira nesta edição do evento.

Quem gosta de cinema poderá conferir a exibição e o lançamento de longa e curtas-metragens. Já na Praça Antônio Carlos, a mobilização inclui feiras de artesanato e de adoção de animais, troca de livros, slackline e performance em tecido acrobático, entre outras atrações.

A maratona de arte e cultura é promovida pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), por meio da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa).

Com informações da assessoria

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.