Quinta-feira, 4 de agosto de 2016, atualizada às 13h22

Praça do Jardim Glória terá roda de samba em homenagem a Ministrinho e Mamão

Da redação
foto

Em sua quinta etapa, o projeto “Samba do Ministro” levará à praça Armando Toschi, no Jardim Glória, o show “Dois Armandos”, neste domingo, 7 de agosto. O evento, em homenagem aos sambistas Armando Toschi, o Ministrinho, e Armando Aguiar, Mamão, terá início às 13h e promete reunir alguns dos mais expressivos nomes do samba juiz-forano. Mamão é o convidado especial da tarde e dividirá os vocais com Roger Resende e Carlos Fernando. A roda de samba terá ainda a participação de Cesar Ferreira (violão sete cordas), Toinho Gomes (cavaquinho), Rodrigo Calichio (surdo) e o proponente do projeto Márcio Gomes (pandeiro).

O público poderá conferir composições de Mamão, além de músicas assinadas por Ministrinho ou que fizeram parte do repertório dele, que é considerado mestre de várias gerações de sambistas juiz-foranos. Conforme Márcio Gomes, outros músicos que estiverem presentes também poderão dar uma canja no palco. “A única regra é que sejam interpretados somente sambas de compositores nascidos ou radicados em Juiz de Fora, pois o espaço é de valorização do artista local.”

Márcio Gomes explica que a ação, de certa forma, reedita as rodas de samba promovidas por Armando Toschi, nos anos 1980 e 1990, nesta mesma praça, que acabou por receber o nome dele. “A ideia surgiu em 2014, ano de centenário de nascimento de Ministrinho, e teve grande aceitação do público e da classe artística. De lá pra cá, fizemos algumas edições, e o edital lançado pela Funalfa aprovou seis rodas de samba, sendo a deste domingo a quinta.”

Márcio observa que Ministrinho está na gênese do samba de Juiz de Fora. “Aqui na cidade, o ritmo foi introduzido nos anos 1930 por Armando Toschi e seus irmãos. Em 1932, a família monta o bloco “Feito com má vontade” para cantar samba, em uma época em que carnaval era basicamente sinônimo de rancho. Dois anos depois, o bloco virou a primeira escola da cidade e de Minas Gerais, sendo também uma das mais antigas em atividade no Brasil: a Turunas do Riachuelo.”

O projeto “Samba do Ministro” é implementado pela Funalfa, em convênio com o Ministério da Cultura/Secretaria de Políticas Culturais. O objetivo é promover a atividade musical no município, incentivar o intercâmbio entre artistas da cidade, destacar e divulgar novos talentos, valorizar a produção local, estimular novas linguagens musicais, incentivar as manifestações culturais de Juiz de Fora, ampliar o acesso do cidadão aos bens culturais e dar visibilidade à vida e obra de Ministrinho.

Com informações da Funalfa

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.