• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Sexta-feira, 21 de outubro de 2016, atualizada às 15h30

    UFJF faz reunião com Iphan para elaboração de projeto de segurança do Central

    Da redação
    foto

    Na manhã desta sexta-feira, dia 21 de outubro, representantes da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) se reuniram no Cine-Theatro Central com o arquiteto Ulisses Lins, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e com integrantes da 4ª Companhia de Prevenção e Vistoria do Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora, com o objetivo de encontrar soluções consensuais para adequação do Central a normas de segurança.

    Estiveram presentes na reunião a pró-reitora de Cultura, Valéria Faria, da pró-reitora adjunta de Infraestrutura, Janezete Marques, do arquiteto da Proinfra, Pablo Costa, do diretor do Cine-Theatro Central, Carlos Fernando Cunha, e do diretor do Centro de Conservação da Memória, Marcos Olender,

    O encontro demonstrou a disposição de todas as partes de chegarem a um entendimento que contemple as necessidades de adaptação do espaço interno com o mínimo de intervenção nas instalações do imóvel, que é um bem tombado pelo patrimônio histórico nacional.

    Assim sendo, ficou decidido que a UFJF providenciará a elaboração de um Projeto de Segurança e Combate a Incêndio e Pânico, o qual deverá conter as soluções a serem implementadas no Cine-Theatro Central, compatibilizando-as com as exigências do Iphan. Esse projeto será enviado ao Iphan para aprovação e, em seguida, encaminhado para avaliação do Corpo de Bombeiros.

    A Universidade afirma que, ciente da relevância das questões de segurança para os espectadores do Central e de seu compromisso com a preservação arquitetônica do patrimônio público, reafirma sua determinação de encontrar ações que conciliem ambos os interesses.

    Com informações da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.