Quarta-feira, 23 de novembro de 2016, atualizada às 14h38

Música para Celebrar reúne artistas em dois shows no Central

Da redação

Abrindo a programação de fim de ano em Juiz de Fora, o projeto “Música para celebrar” vai reunir artistas da cidade em dois shows no Cine-Theatro Central: “Tempo de Amor e Alegria II”, no próximo dia 30, às 20 horas, e “Ponto do Samba”, 1º de dezembro, às 20h30. O projeto é uma parceria entre a Funalfa e a UFJF.

A ideia do projeto é promover uma grande festa cultural, disseminando mensagens positivas para o ano novo que se aproxima, além de promover o congraçamento dos artistas entre si e com o público. A previsão é de que os shows, ambos com censura livre, durem em torno de uma hora e meia.

Os ingressos podem ser adquiridos em troca de alimentos não perecíveis (arroz, feijão, óleo e macarrão) ou por três itens de material de higiene pessoal (sabonete, pasta de dente, desodorante, fralda geriátrica G ou GG, escova de dente, etc). Confira a lista de postos de troca no final da matéria.

Tempo de Amor e Alegria II

31/11, quarta-feira, às 20h

Com direção musical do grupo “Lúdica Música!”, o show  teve sua primeira edição em 2015. Neste ano, o evento terá participação de Adalberto Silva, Anna Terra, Caetano Brasil, Dudu Costa, Gibran Lamha, Gladston Vieira, Joãozinho da Percussão, Juju Brito, Lucas Soares, Matilda, Oficina Lúdica de Ritmos e Trupicada.

“Este foi um ano muito difícil, então procuramos canções que falam de esperança, de resistência, além de amor e de alegria. O repertório está cheio de música popular brasileira e com composições de nomes como Milton Nascimento, Tom Zé, Gilberto Gil, Guilherme Arantes, Roberto Carlos, Chico Buarque, Ivan Lins e Dominguinhos”, conta Isabela Ladeira, integrante do “Lúdica Música!”.

“Ponto do Samba – 100 anos do samba”

1/12, quinta-feira, às 20h30

Uma edição especial do projeto “Ponto do Samba”, realizado desde 2012, abrirá o mês de dezembro. Comemorando os 100 anos do samba, o show terá como convidado especial o cantor Moyseis Marques e apresentará um repertório baseado em sambas de compositores locais, antigos e contemporâneos, além de composições de Moyseis Marques e sambas consagrados. “Boa parte do nosso repertório integra o CD ‘Ponto do Samba’, que lançamos em 2016”, conta Carlos Fernando, que, junto com Roger Resende, assina a direção artística do show.

Postos de troca*

  • Funalfa (Avenida Rio Branco, 2.234 – Centro)
  • Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM – Avenida Getúlio Vargas, 200 – Centro)
  • Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU - Avenida Juscelino Kubitschek, 5.899 – Benfica)
  • Cine-Theatro Central (Praça João Pessoa – Centro)

*O material recolhido será doado para a Sopa dos Pobres e a Casa São Camilo de Lélis.

Com informações da PJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.