Quarta-feira, 16 de agosto de 2017, atualizada às 17h36

Museu Ferroviário comemora 14 anos com programação especial no domingo

Da redação

Instalado na sede da antiga Estrada de Ferro Leopoldina, o Museu Ferroviário de Juiz de Fora foi inaugurado em agosto de 2003. Para celebrar os 14 anos de funcionamento, o local contará com uma programação especial no domingo, 20 de agosto, a partir das 14 horas. Música, fotografia e história em um só lugar. E tudo isso de forma gratuita.

Quem passar pelo local, além de conferir o acervo do Museu, constituído por mais de 300 peças, incluindo mobiliário, instrumentos de trabalho e de comunicação, poderá visitar a exposição “Atento”, com fotos de Marco Aurélio de Assis. A música ficará por conta da “Sylvio Gomes Orquestra”, que apresentará o repertório do projeto “Compositores Mineiros”, viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura “Murilo Mendes”.

Aumento das visitas

De acordo com o diretor do Museu, Luiz Fernando Priamo, o número de visitas ao local tem aumentado: em 2016, a média de visitação anual foi de 1.200 pessoas. Já em 2017, apenas no primeiro semestre, cerca de 1.500 pessoas visitaram o acervo. “O número ainda é tímido, mas nosso objetivo tem sido reconstituir a imagem de um espaço ímpar, como é a Estação da Leopoldina Railway, onde o Museu está situado. O espaço reúne um dos mais importantes acervos ferroviários do Brasil”, avalia Luiz.

Entre os fatores que contribuíram para o acréscimo de visitações, Luiz Fernando aponta o desenvolvimento de relações com o público, por meio de mídias sociais, o uso da plataforma do Museu como palco para eventos de todos os segmentos e o retorno de projetos como a “Colônia de Férias” e a “Semana de Museus”.

Para agendar visitas guiadas, é necessário entrar em contato com o Museu Ferroviário pelo telefone 3690-7055 ou pelo e-mail contatomfjf@gmail.com. O Museu fica na avenida Brasil, 2001, Centro.


Com informações da PJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.