Quinta-feira, 9 de agosto de 2018, atualizada às 8h15

Documentário sobre amor na terceira idade será lançado em Juiz de Fora

Da redação

O documentário Sempre Amor, da diretora Mariana Musse Ferraz, será lançado nesta sexta-feira, 10 de agosto, no Museu de Arte Murilo Mendes - Rua Benjamin Constant, 79, Centro, às 20h.

O primeiro longa-metragem da juiz-forana vai trata o amor sob o ponto de vista da terceira idade, porém, não em uma perspectiva de apagamento social, mas sim trazendo de volta desejos e sonhos que não envelhecem.

Segundo Mariana, o objetivo foi valorizar as histórias, lembranças e dar importância a elas: “Foi uma vontade de lançar um olhar para pessoas que estão em uma idade avançada, que já têm uma trajetória de vida, e, por isso, já teriam vivenciado, ou não, histórias de amor. E também, escolher pessoas que têm pouco lugar de fala”.

Além disso, ao mesmo tempo em que desconstrói o amor romântico, o documentário pretende despertar no público, ainda mais, esse sentimento, ao mostrar histórias como a de Ruth, que mora em um abrigo de idosos, inconformada por viver até hoje um amor platônico; a de Olga, que se absteve de tudo isso com convicção; e a de “Zekinha”, quase 100 anos, que não desistiu de amar após ficar viúva. Depois de mais de 60 anos sem ver seu primeiro namorado, com quem rompeu um noivado, eles se reencontraram e conversam ao telefone todos os dias.

A produção foi viabilizada por meio da Lei Murilo Mendes de Incentivo à Cultura.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.