• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quarta-feira, 16 de janeiro de 2019, atualizada às 18h58

    Museu de Marmelos é reaberto para visitação em JF

    Da redação


    Após passar por um amplo processo de reforma e restauração, o Museu Marmelos Zero, em Juiz de Fora, será reinaugurado na próxima quinta-feira, 17 de janeiro. O evento será fechado para convidados. O espaço preserva a história da Usina de Marmelos, primeira hidrelétrica da América do Sul de grande porte e a pioneira no fornecimento público de energia do país.

    O museu reabre no sábado, 19, das 9h às 12h, e de 14h às 17h, para o público em geral. Nos próximos meses, funcionará duas vezes por mês, sempre às sextas-feiras e aos sábados, para receber os visitantes (veja abaixo).

    A Usina Marmelos foi construída em 1889 pela Companhia Mineira de Eletricidade e incorporada pela Cemig em 1980. O seu pioneirismo permitiu que Juiz de Fora consolidasse seu parque industrial. Segundo pesquisadores, o fornecimento de energia elétrica, após a construção da rodovia União Indústria em meados do século XIX, serviu como a nova força motriz para a indústria da cidade, junto com outros avanços no setor de transportes, financeiro e educacional.

    A restauração realizada pela Cemig contemplou as áreas externas e internas da instalação, incluindo tratamento do piso, manutenção na instalação elétrica, execução de pintura, manutenção da cobertura e instalação de placa no topo do telhado. A obra incluiu também a construção de uma passarela de pedestres, para facilitar o acesso aos visitantes.

    Além do Museu, também haverá a reabertura do prédio do Memorial da Energia, localizado no complexo da Usina de Marmelos. As visitações, que são abertas ao público e a grupos pré-agendados, são um atrativo para estudantes, historiadores e pessoas interessadas em conhecer o complexo histórico tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha).

    Acervo do Memorial

    O Museu, tombado pelo Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural de Juiz de Fora em 1983 e pelo Iepha em 2005, abriga um acervo composto por peças que contam a história da energia e da Usina de Marmelos, como a mesa particular do empresário Bernardo Mascarenhas (idealizador e fundador de Marmelos), o rascunho da planta da usina, um painel de controle de energia e a réplica de um gerador utilizado antigamente, cuja fabricação era da Westinghouse, além de várias fotografias que mostram a construção do empreendimento, fotos do fundador e de sua família e painéis com textos informativos.

    Horários de funcionamento:

    Fevereiro

    01/02 e 16/02, das 9h às 12h; e de 14h às 17h

    Março

    15/03 e 30/03, das 9h às 12h; e de 14h às 17h

    Abril

    12/04 e 27/04, das 9h às 12h; e de 14h às 17h

    Maio

    10/05 e 25/05, das 9h às 12h; e de 14h às 17h

    As visitas de grupos deverão ser agendadas com antecedência através do e-mail: hiuri@focusaprendizado.com.


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.