• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Contínua homenagem ao Pai da aviação Rogério de Deus expõe novas obras inspiradas em Santos Dumont. Maquetes e desenhos foram utilizadas no filme Voar


    Fernanda Fernandes
    Repórter
    01/07/2008

    Tem charanga, tem desenho, tem maquete, tem filme, tem alegria. A exposição Voar..., que o artista plástico Rogério de Deus inaugurou na terça-feira, 1º de julho, busca integrar várias artes em uma coisa só, fundindo artesanato, multimídia, artes plásticas e, principalmente, educação.

    Esta é a terceira exposição da série que homenageia Santos Dumont. Desta vez, está exposto um terço das maquetes utilizadas no filme Voar, primeiro mediametragem dos artista, lançado em janeiro deste ano.

    As miniaturas foram construídas a partir de sucata, como papelão, lata, parafusos, arame e até peças de computador. Com a técnica de bricolagem, o material deu forma a locomotivas, balões, dirigíveis, bicicletas e edifícios que remetem ao universo do Pai da Aviação, no Brasil e na França. Entre as peças, há uma maquete da catedral Notre-Dame de Paris e, claro, um protótipo do 14 Bis.

    Além das maquetes, a mostra traz 19 desenhos a nanquim e lápis de cor, que retratam detalhes das máquinas produzidas por Santos Dumont e também paisagens parisienses entremeadas às montanhas mineiras. Os desenhos deram origem a 28 painéis a óleo, que Rogério de Deus reservou para outra exposição, a ser inaugurada em agosto, na galeria do Centro Cultural Pró-Música.

    Da teoria à prática

    Foto: ACESSA.com O trabalho como um todo apóia-se na teoria do desconstrutivismo, de Jacques Derrida. "Isso, na prática, quer dizer que eu mudo o posicionamento de apresentação das mostras, buscando o envolvimento comunitário de formas alternativas", explica.

    Rogério recebeu a equipe do Portal da ACESSA.com em meio à oficina realizada com 40 crianças de uma escola da cidade. Para ele, este contato é muito importante e, por isso, já está agendando trabalho semelhante para a sua próxima exposição, no Pró-Música.

    No Forum da Cultura, Rogério recebeu as crianças com a Charanga Voar, tocando músicas tradicionais em instrumentos de sopro e percussão. Com um figurino que remete à fantasia de voar fica mais fácil aproximar-se dos pequenos estudantes. A garotada visitou a exposição e, em seguida, pôde experimentar a arte, produzindo desenhos. O trabalho continua na volta à escola, onde todos vão conferir o filme produzido pelo artista.

    O filme experimental foi realizado em stop-movie e tem 60 minutos de duração. O DVD , vendido em bancas de jornal da cidade, integra um kit didático sobre a poética de Santos Dumont e inclui uma miniatura do 14 Bis para montagem, um mini-álbum com as 28 pinturas e um tabuleiro de ludo.

    Foto: ACESSA.com Foto: ACESSA.com Foto: ACESSA.com

    Todo o trabalho, até agora, foi realizado sem o apoio de leis de incentivo. "Tive a aprovação de algumas leis, mas não consegui captar os recursos junto às empresas", lamenta. Mesmo assim, a proposta Rogério de Deus é de não parar por aí. Ele já tem pronto um livro sobre o mesmo tema e um espetáculo teatral idealizado aguardando o momento de serem lançados.

    A exposição fica em cartaz até o dia 20 de julho, no Forum da Cultura (R. Santo Antônio, 1.112 - Centro), de 14h às 20h30 (terça a sexta).

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.