• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Quarta-feira, 13 de agosto de 2008, atualizada às 18h40

    Atendimento às crianças está comprometido na Fundação Ricardo Moysés Júnior



    Priscila Magalhães
    Repórter

    Segundo o assessor de comunicação da Fundação Ricardo Moysés Júnior, João Márcio Coelho Junior, as atividades da instituição estão comprometidas desde que a empresa que presta serviços de telefonia mudou a forma de cobrança do sistema de doações pelo telefone. "Antes, a empresa ficava com 10% do que arrecadávamos. Agora, ela estabeleceu um valor fixo", explica.

    Com a mudança, a Fundação teve um aumento das despesas e queda na receita. Por isso, conta com a ajuda em dinheiro, alimentos, roupas, móveis, brinquedos, entre outros. Além disso, a instituição fabrica peças artesanais e comercializa. "Não recebemos ajuda cotidiana do governo. As que aconteceram foram esporádicas", afirma.

    As doações são essenciais para que a instituição continue atendendo a cerca de cem crianças carentes com câncer por mês. A ajuda é revertida na compra de medicamentos, alimentos, transporte e com a acolhida de crianças que vêm de outras cidades para se tratar em Juiz de Fora.

    Como ajudar
    João Márcio enfatiza que, para doar, basta entrar em contato com a Fundação pelo telefone (32) 3229-0002. "Marcamos um horário para buscar as doações onde elas estiverem". No caso de doação em dinheiro, com débito em conta de telefone, o doador assina um contrato e o valor vem debitado mensalmente, até que o cliente faça o cancelamento.

    A Fundação também está vendendo tiquetes de lanches para serem consumidos no dia 30 de agosto. Todos os que forem vendidos antecipados são revertidos integralmente para à instituição, onde a venda está acontecendo.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.