• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Terça-feira, 04 de setembro de 2007, atualizada às 08h25

    Polícia Civil realiza projeto para jovens de escola em Ubá


    Guilherme Arêas
    Colaboração*

    Policiais civis de Ubá realizam, há cerca de três meses, um projeto que visa afastar crianças e jovens da criminalidade. Fabiano de Faria Goulart e Hitler Nixon de Oliveira desenvolveram o "Recanto da Alegria" depois da investigação de um caso de depredação na Escola Estadual Governador Valadares, em Ubá.

    O projeto leva atividades esportivas e palestras nas manhãs de sábado a cerca de 90 alunos cadastrados, entre nove e 18 anos de idade. A escola era apontada como foco de vandalismo, drogas e violência, com participação de alunos e jovens que moravam nas proximidades.

    Na parceria com a Polícia Civil, a escola cedeu espaço para o início do projeto. Segundo os policiais que atuam no "Recanto da Alegria", a prática esportiva pode ser uma grande aliada para a humanização do indivíduo, já que possibilita que os jovens reconheçam o mundo e a sua competitividade, sem deixar de lado o respeito ao direito do outro.

    Foto do projeto da polícia civil "Ao compreender e vivenciar isso, o jovem vai respeitar mais as pessoas com as quais convive e, dessa forma, diminuir os conflitos internos e externos que permeiam as relações sociais", defende Hitler Nixon.

    De acordo com a direção da Escola Estadual Governador Valadares, a mudança no comportamento dos alunos atendidos pelo projeto já é visível. "Os professores comentam a melhora significativa na conduta dos alunos que freqüentam as atividades. Eles apresentam maior disciplina e senso de responsabilidade durante os trabalhos didáticos", afirma Jane Aparecida Peron, diretora da escola.

    A idéia dos policiais é ampliar as atividades para outras instituições de ensino, além de fazer a distribuição de cestas básicas e realizar atendimento médico-odontológico para as crianças e familiares. Para isso, há a necessidade de se criar uma sede própria, além de contar com materiais esportivos, voluntários e recursos financeiros.


    *Guilherme Arêas é estudante de Jornalismo na UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.