• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Mostra em braile pretende promover inclusão A III Mostra Braille apresenta livros em braile, CDs e está aberta
    ao público para reduzir o preconceito


    Marinella Souza
    *Colaboração
    15/09/2008

    Em parceria com a Associação dos Cegos, o Instituto Benjamin Constant e a Fundação Dorina Nowill, a Biblioteca Municipal Murilo Mendes promove a III Mostra Braille. Além de livros em braile, estão expostos materiais usados na escrita braile, artesanato produzido por pessoas com deficiência visual, além das medalhas que eles ganharam em competições.

    O diretor da Biblioteca, João Batista Rodrigues, explica que nem todos os livros expostos são escritos exclusivamente em braile. "Os livros infantis, em especial, são escritos em braile e em escrita comum para que todos tenham acesso ao mesmo material".

    Para Rodrigues, o mais importante é suscitar a alteridade nas pessoas que forem visitar o espaço. "Nossa intenção é despertar as pessoas para ampliar a sua noção do outro, em especial, o outro que tem alguma limitação visual".

    Ele conta que quando as crianças fazem visitas guiadas pela Biblioteca, ficam curiosas quando passam pelo setor braile porque, para elas, a leitura é uma questão visual e "quando tem essa noção de que existe alguém diferente, passa a respeitar mais a pessoa com deficiência".

    O objetivo da Mostra Braille é, nas palavras de Rodrigues, "divulgar o trabalho das instituições que oferecem apoio aos deficientes visuais". Segundo ele, a Biblioteca Municipal Murilo Mendes é uma das maiores do Estado e não poderia deixar de dar uma atenção especial para as pessoas com deficiência.

    Foto de obras literárias em braile Foto de cd's de revistas semanais Foto de livros em braile

    Além de ser uma das poucas bibliotecas mineiras que possuem um setor específico para pessoas com algum tipo de deficiência visual - que oferece não só os livros em braile, mas dá acesso a jornais e revistas gravados, faz transcrição de braile para tinta e vice-versa, grava livros em áudio para permitir maior acesso - a Biblioteca Municipal de Juiz de Fora conta com rampas de acesso ao espaço e disponibiliza a internet para quem não pode ter acesso de outra maneira.

    Foto de livro infantil escrito em braile e em escrita comum Foto de medalhas conquistadas por pessoas com deficiência visual Foto de artesanato produzido por pessoas com deficiência visual

    Ao todo, o setor braile conta com 70 usuários, mas o diretor explica que nem todos são freqüentes. "Alguns já estão na faculdade, em outro nível de estudo, outros não vêm aqui, mas os familiares vêm, pegam o material e levam para eles. Mas tem muita gente também que não conhece o espaço, não sabe os serviços que oferecemos", lamenta.

    O setor braile funciona há 15 anos, mas apenas há três anos que o material oferecido por ele é divulgado. Para Batista essa é uma maneira de aproximar esse universo de todas as pessoas, numa tentativa de reduzir o preconceito, promover o respeito e o auxílio a essas pessoas, que cada vez precisam mais de ajuda.

    Foto de um pulsão Foto de uma reglete Foto de livros em braile

    A III Mostra Braille fica na Biblioteca até o dia 23 de setembro e está aberta a quem quiser ir conhecer, tocar, sentir os livros, os materiais. Nesse dia, que não por acaso é o dia da pessoa com algum tipo de deficiência, a advogada do Centro de Atenção ao Cidadão, Cristiane Mara Teixeira Silva, vai dar uma palestra sobre Deficiência e cidadania: a legislação e os direitos do deficiente, às 15h, no mesmo local. A Biblioteca Municipal fica na Praça Antônio Carlos, s/nº.

    *Marinella Souza é estudante de Comunicação Social na UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.