• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Projeto de produção de perucas para mulheres com câncer terá núcleo em JF

    Profissional  Luiz Crispim já confeccionou 500 perucas solidárias e organiza o projeto Fios de Autoestima, atualmente, em cinco estados do país

    Angeliza Lopes
    Repórter
    27/08/2015
    projeto

    Além das fragilidades durante o tratamento, as mulheres com câncer precisam lidar com a queda dos cabelos, que é um dos símbolos da vaidade feminina. Pensando nisso, que o especialista em perucas e próteses capilares, Luiz Crispim, da capital paulista, vem a Juiz de Fora na próxima segunda-feira, 31 de agosto, para lançar um novo núcleo do projeto 'Fios de Autoestima' de doação de perucas, das 9h às 17h, no Ritz Hotel. O evento com inscrições esgotadas será voltado para 250 profissionais de beleza e pretende motivar e conscientizar os cabeleireiros juiz-foranos sobre a importância que tem o cabelo, que na maioria das vezes é jogado fora no salão de beleza.

    Uma peruca de cabelo pode custar no mercado entre R$ 2,5 mil à R$ 3,8 mil cada, valor inacessível para mulheres com rendas mais baixas. Para motivar as doações, o projeto passará a ter um núcleo em Juiz de Fora com um profissional responsável pela captação do cabelo, envio de material e recebimento das perucas, que serão entregues para pacientes que tiveram a perda dos cabelos durante tratamento de quimioterapia.

    As perucas são confeccionadas pelo especialista Luiz Crispim, que há 11 anos desenvolve este tipo de trabalho com produtos capilares. Ele conta que a ação já possuí sedes no Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza e Goiânia e já confeccionou 500 perucas solidárias. "Vimos nos cabelos que são jogados fora nos salões, a oportunidade de transformá-los em perucas que trazem autoestima para as mulheres que passam por este problema. Um profissional de Juiz de Fora me procurou e pediu apoio para montar um núcleo na cidade. Abracei a causa e agora vamos montar uma rede de profissionais para a captação. Já existem ações de recolhimento de cabelo, mas que distribuem para todo o país, mas nós queremos mais, beneficiando as mulheres do município com as perucas", afirma.

    luizEle ainda convida assistentes sociais e organizadores de instituições de oncologia para comparecerem no dia do evento, para que sejam estreitados os contatos para o cadastro das futuras contempladas.

    Além de profissional da confecção, Crispim faz shows como Drag Queen pelo país interpretando o famoso transformista Lully Fashion. "Como já trabalho como transformista há 11 anos, sei o quanto o cabelo traz a identidade na montagem do personagem. Não tem como fazê-lo apenas com maquiagem e acessórios. Por isso, entendo que quando a mulher perde seus cabelos, parte de sua identidade se quebra", afirma.

    Outras parcerias

    O especialistas já participou de projetos na Amazônia para ajudar mulheres da Organização Não Governamental dos Ribeirinhos Vítimas de Acidentes de Motor (ORVAM) a aprenderem técnicas de confecção de perucas. Hoje, além de continuar auxiliando a organização do 'Fios de Autoestima' , ele também se transformou em parceiro das campanhas de arrecadação que ficaram famosas em todo país como a Rapunzel Solidária e Cabelegria.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.