Abrigo provisório é criado para acolher população de rua e migrantes durante o inverno

Há disponibilidade inicial de 30 vagas e permissão para entrada de casais e de animais de estimação

por Geíza Taianara da Silva - 01/07/2021

A Prefeitura de Juiz de Fora instituiu nessa quarta-feira (30/06) o Comitê Permanente de Gestão de Situações de Baixas Temperaturas, que anualmente desenvolverá um plano para atender situações de emergência relacionadas à baixa das temperaturas durante o inverno e o impacto sobre a população em situação de rua.

As ações do novo comitê, que conta somente com participação de representantes governamentais, se articularão com as discussões do Comitê Intersetorial de Elaboração, Acompanhamento e Monitoramento da Política Municipal para a População em Situação de Rua, criado em 20/04 por meio do decreto nº 14.489, integrando sociedade civil, governo e membros da população de rua.

O plano elaborado para atender as situações de emergências ocasionadas pelo frio e o impacto deste sobre a população em situação de rua durante esse ano, terá vigência até setembro. Nele está contemplado a criação de alojamentos temporários.

Diante disso, nessa manhã a Prefeitura de Juiz de Fora divulgou a criação de um abrigo provisório para atendimento da população em situação de rua, com disponibilidade inicial de 30 vagas e permissão para entrada de casais e de animais de estimação. O acolhimento estará  disponível até setembro, no endereço da Avenida Sete de Setembro, 975 – Centro, no horário de 18h às 08h.

Conteúdo Recomendado