SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta quinta-feira (22) que vai aumentar o salário mínimo se for eleito Presidente da República. Questionado pelo apresentador Ratinho sobre como faria isso, o candidato disse: "aumentando". Depois, no entanto, o petista explicou como isso foi feito quando governou o Brasil.

Lula participa do programa "Candidatos com Ratinho", no SBT. O petista foi o quarto e último entrevistado pelo apresentador. Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) já foram sabatinados pelo apresentador.

O atual chefe do Executivo foi entrevistado no dia 13 de setembro, enquanto Ciro e Tebet nos dias 19 e 20, respectivamente.

Ratinho perguntou: "O senhor diz que vai aumentar o salário mínimo, como é que vai aumentar o salário mínimo?"

Ao que Lula respondeu: "Aumentando. Deixa eu falar uma coisa, quando eu fui presidente a gente aumentava o salário mínimo. Você repunha aquilo que era a inflação, e você dava o aumento de salário de acordo com o crescimento do PIB. Olha, se PIB crescer 5% você dá, 5%, se o PIB não crescer nada você dá a inflação. Foi assim que nós fizemos durante o nosso governo e por isso o salário mínimo aumentou 77%".