• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Uma comunicação assertiva é a ponte para o sucesso

    Luiz Roberto Martins Luiz Roberto Martins 6/09/2018

    Como profissional na área de humanas e especificamente na comunicação, seja ela escrita ou falada, quero, através deste artigo, expor a importância de uma interlocução assertiva, pois saber expressar-se de forma clara e objetiva demonstra autoconfiança. É necessário treinar bastante, e para isso, deve-se sair da zona de conforto e investir neste processo.

    Uma comunicação assertiva baseia-se na expressão de mensagens através da fala segura ou gestos de respeito onde conflitos e agressividades não podem estar presentes, ou seja, qualquer tipo de ruído pode ser fatal no processo de comunicação. Portanto, busque a inteligência emocional.

    Não são raros, dentro das empresas, negócios que ficaram prejudicados justamente por falhas na comunicação, como por exemplo, queda na produtividade, fato que causa desconfortos nos relacionamentos entre os colaboradores e equipes.

    A inteligência emocional colabora na prática da comunicação assertiva, pois, diante de situações de discordância, a pessoa que a possui se expressa de forma a direcionar seus sentimentos de frustração ao comportamento e não ao outro indivíduo. Suas falas ou gestos não humilham nem insultam e promovem a resolução de conflitos de uma maneira rápida e eficaz no relacionamento interpessoal.

    Conquistar o equilíbrio emocional e desenvolver uma comunicação assertiva não é tão fácil, porém, é possível. Deixo aqui algumas dicas:

    A capacidade de escutar o outro sem interromper é algo que deve ser aperfeiçoado, pois demonstra interesse e respeito, caso contrário, muitos podem ser excluídos de certas conversas.

    Não fale de assuntos que não conheça em profundidade. Leia muito para que sua capacidade de argumentação seja aprimorada. A falta de conhecimento leva as pessoas ao descrédito.

    Pronunciar as palavras de maneira que seu ouvinte as compreenda, dentro do contexto correto, é de grande valia para que não ocorra uma interpretação errada. Para não correr o risco de gerar uma ambiguidade seja claro em seus argumentos. Fale de forma natural e não copie ninguém. Não crie um personagem com o intuito de expressar-se bem.

    A intensidade da voz e a velocidade da fala devem ser levadas em conta. Verifique o ambiente e faça as adequações necessárias. Lembre-se que falar baixo transmite insegurança e falar muito devagar pode levar ao tédio.

    Quando se transmite uma mensagem, a linguagem corporal está presente. Olhos e gestos se comunicam, portanto, fique atento (a) para que a expressão do corpo esteja coerente com a fala. Use a empatia, coloque-se no lugar do outro, afinal, quando se demonstra respeito, a troca de informações torna-se mais eficaz.

    Fiquem atentos em seus pontos fortes e fracos e descubra o que pode ser melhorado. O autoconhecimento sempre ajuda na marca pessoal.

    A habilidade de comunicação é um diferencial no mercado de trabalho. Acredite em seu potencial, melhore seu desempenho e conquiste seus sonhos!

    Luiz Roberto Martins de Oliveira é Graduado em Letras
    Especialização em Literatura
    Especialização em Gestão Educacional
    Professor e revisor de monografias, livros e artigos para revistas
    Fan Page

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opiniao dos autores nao necessariamente expressa a linha editorial e a visao do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.