Elizabeth Soares Elizabeth Soares 10/09/07

Chegou a vez dos profissionais globalizados
Você está pronto para ser um trabalhador 3.0?

A palavra globalização vinha sendo utilizada para se referir aos países, às empresas ou produtos, entretanto, segundo explicações do repórter inglês Simon Kuper, chegou o momento dos profissionais se globalizarem também. Para ele, nesta corrida pela globalização, muitos serão atropelados e deixados para trás. Serão poucos os trabalhadores que passarão por esta transformação.

O fato é que, segundo opinião de peso como a do colunista do The New York Times Thomas Friedman, a maior parte do dinheiro de nossas carreiras virá justamente dos denominados trabalhos globais.

Mulher jovem em frente a um computador Já estamos vivendo na globalização 3.0 onde os indivíduos é que se destacam deixando para trás a globalização 2.0 na qual empresas precisaram se multinacionalizar para vender seus produtos em novos mercados.

Os profissionais que desejam fazer parte do grupo dos globalizados devem possuir dois recursos fundamentais: computador com internet e saber inglês. Parece simples? Nem tanto. Mais de 90% da população do planeta, não apresenta esses dois requisitos ao mesmo tempo.

No Brasil, numa população de 189 milhões de pessoas, cerca de 30 milhões têm acesso à internet. No mundo todo, estima-se que apenas 14% da população acima de 15 anos acesse a rede. Se você é um privilegiado por estar entre este percentual, lembre-se de que, por si só, este requisito não lhe garante uma vaga no mercado globalizado. A pergunta é: você se comunica bem em inglês? Isto porque, no mercado global, quando um chinês se comunica com um francês, a língua escolhida é o inglês.

De acordo com dados apresentados pela revista The Economist, apenas cerca de 25% da população mundial "arranha" o inglês. Por hora, quem não sabe falar inglês está fora deste jogo.

Neste novo mundo globalizado, não são apenas os países ou empresas que ganham e perdem. Cada vez mais, nós indivíduos, estaremos competindo com trabalhadores de diversas partes do mundo no mesmo mercado e ao mesmo tempo. Novas profissões estão aparecendo e outras tantas tentem a perder espaço ou mesmo se extinguirem.

A globalização 3.0, segundo especialistas, está ocorrendo numa velocidade jamais vista. Pare e reflita sobre os impactos que tudo isto terá sobre a sua carreira profissional e das pessoas com as quais convive. Converse mais sobre este assunto. Pesquise, leia. Fingir que nada disso lhe afetará ou mesmo acreditar que estas coisas não fazem sentido para você é um perda de tempo. Monitore-se. Escolha sempre o caminho pelo qual deseja seguir. Afinal, quem se prepara, pode fazer a diferença.

Leia também:

* Revista Super Interessante - ago/2007
* O Mundo é Plano- Thomas Friedman, Objetiva, 2006

Elizabeth Soares
é psicóloga com foco em desenvolvimento de pessoas
Saiba mais clicando aqui.

Sobre quais temas (da área de Carreira) você quer ler nesta seção? A psicóloga Elizabeth Soares aguarda suas sugestões no e-mail educacao_carreira@acessa.com

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.